Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

MAROUSSIA

Um pouco de mim... Sobre o que sinto, ouço, escrevo e gosto !!

MAROUSSIA

Um pouco de mim... Sobre o que sinto, ouço, escrevo e gosto !!

07.04.24

Tenebroso, arrepiante, majestoso, imponente... algo que parece surreal ... !!


Maroussia

 

 
Santuário di Madonna della Corona, uma igreja inscrustada numa rocha, suspensa entre o céu e terra, a 770 metros de altura, escondida pelo Monte Baldo.
A natureza deste local,  é cercada por uma cadeia montanhosa e isolada do resto do mundo.
O Santuário fica em Spiazzi, uma fração da localidade de Ferrara di Monte Baldo província de Verona, na região do Vêneto, Itália.
 
Nota pessoal: Em jovem adorava a adrenalina do "quase" perigo, mas actualmente, e como de jovem já só tenho as "saudades", por muita beleza aqui mostrada, eu... não ía não....
®M.Cabral 📖 (in-"coisas" de um blog meu, inactivo há muito tempo e que pondero  encerrar  !)

06.04.24

Um texto quiçá, desprovido de interesse para os demais mas, gosto de rimas e vim "debitar" aqui o que estava a pensar ... !!


Maroussia

 

222.jpeg

Passa o tempo a destempo
tal qual o soprar do vento,
vai-me retirando o alento
para viver com "acalento"

Como uma árvore abano
porque cansado do dano,
o corpo vai ficando insano
esfarrapado como um simples "pano".

Quem dera poder voltar atrás
utópico desejo e pouco sagaz,
porque não é nada perspicaz
e só por si, se torna ineficaz.

E neste "acto" de remanso
que a idade entra em avanço,
em jeito de total amanso
Vou caminhando para o "descanso".

Assim se vai passando uma Vida
como pessoa bem prevenida,
vou-me preparando para tal "partida"
enquanto pela vida, ainda sou envolvida...!!

M.Cabral_pt­® (in Rimas ao acaso")

05.04.24

Porque não nos "enlevarmos" um pouco ??!!


Maroussia


Apeteceu-me esta belíssima "pausa", para tentar abstrair-me deste Caos horrendo,  espalhado pelo Mundo, onde gentalha Demoníaca e Louca, a qualquer momento, ameaça a todos, sem olhar a meios,  nem a mínima  piedade pelos inocentes. 
Bençãos  

 

®M.Cabral_pt (in "sonhadora de momentos" )  

02.04.24

Se aprendermos a reconhecer um Derrame Cerebral - AVC - Talvez tenhamos a sorte de podermos salvar algumas Vidas..!! Oxalá assim aconteça !!


Maroussia

Muito útil, porquanto cada vez mais aumentam estes episódios , até nos mais jovens !

 

 
Baseado numa observação feita por um neurologista, se uma vítima de derrame (AVC), for assistida clinicamente dentro das primeiras três horas, a mesma pode reverter os efeitos do derrame quase totalmente. Segundo o mesmo médico o segredo é reconhecer o derrame, diagnosticá-lo e receber o tratamento médico correspondente, dentro das três horas seguintes, o que é difícil, mas não impossível.
 
 *Os Derrames Cerebrais - Têm um 4º indicador , quase imperceptível aos não clínicos mas, com relevante importância também...   - A LÍNGUA !
 
Muitas vezes, os sintomas de um derrame são difíceis de identificar. Infelizmente, alguma falta de atenção, torna-se desastrosa. A vítima do derrame pode sofrer severas consequências cerebrais quando as pessoas que o presenciaram falham em reconhecer os sintomas de um AVC.
 
Agora, os médicos dizem que, alguém que esteja por perto e atento, pode reconhecer um derrame, pedindo à vítima que realize quatro simples actividades.

Para verificar a ocorrência de derrame (AVC): memorize as quatro letras F.L.S.L. designativas de:

F - (Fale) - Peça à vítima que fale algo, o seu nome e onde mora,  por exemplo
 
L - (língua) – Peça que mostre a língua, bem estendida para fora; Se ela estiver torcida,  ou sair pelos lados da boca,  pode ser um sinal de derrame. (AVC)
 
S - (sorria) – Peça que sorria amplamente e repare se o faz de forma normal.
 
L– (levante) - Peça que levante os dois braços e veja se o faz com precisão.

Se a pessoa tiver um destes problemas ao realizar QUALQUER uma destas tarefas, chame a emergência imediatamente e descreva-lhe os sintomas ou leve-a rapidamente à clínica ou hospital.

_______________________________________ ** 

**  Antes um FALSO ALARME que uma vida perdida ou danos irreparáveis ** 

*** Não se envergonhe de pedir ajuda e seja breve ! 

 
(c) M.Cabral ( in "Conselhos úteis" )

02.04.24

Coisas que todas as pessoas deveriam saber mas... o medo do desconhecido, "paralisa" a mente perante o que não sabemos... !


Maroussia

 

 
Saber... que não acontece nada, se nos molha a chuva, que o "sereno" não adoece, e que a única coisa que acontece quando se dorme com o cabelo molhado, é que o travesseiro fica molhado...
 
Saber... que os fantasmas existem, na nossa cabeça, e na cabeça daqueles que não o entendem, ou daqueles que dizem que quem acredita nisso, é louco.
 
Saber... o que é ter uma paixão. Uma paixão maior do que qualquer amor que se tenha sentido.
 
Saber... olhar dentro de si e estar disposto a enfrentar que talvez nem tudo nos vai encantar.
 
Saber o que é um começo. Arrancar com uma ideia. Um sonho. E saber reconhecer quando as coisas não saíram bem. Que humildade, significa saber perder. E que perder não é tão ruim quanto as pessoas pensam. Que se pode administrar a derrota, e procurar o triunfo através do fracasso.
 
Saber... abraçar de diferentes formas e conhecer mil ou mais, tipos de beijos.
 
Saber... que as melhores noites dão lugar ás manhãs mais duras. Que ás vezes é preciso a força de um império, para que nos possamos levantar da cama.
 
Saber... que nas batalhas nem sempre se luta, ás vezes também se abandona.
 
Saber... que não temos nove vidas, como os felinos, mas temos mais de uma morte.
 
Saber... que o chocolate cura, que às vezes o charuto dá vida, e que outras o álcool fortalece, que alguns medicamentos matam. Que às vezes nos apegamos a muitos remédios quando na verdade não estamos tão doentes.
 
Saber... que as "fotografias" mentais que se guardam em memórias,  são mais valiosas do que ouro puro.
 
Saber... que o mal existe, mas também existe o Bem, e a sua importância é única e grandiosa.
 
Saber... que por vezes é necessário estar sozinho. Saber estar sozinho,  é algo que se aprende. Dançar sozinho. Ir ao cinema sozinho. Comer sozinho. Ver televisão sozinho. Dormir sozinho. Pensar sozinho. Falar sozinho. Fechar-se em um mundo que não seja alcançável para o resto da humanidade. Inventar um universo. Rebater, quando sente que o mundo que lhe resta é pequeno e ninguém, sabe o que é calçar os seus sapatos e fazer o seu caminho, mesmo com os pés sofridos.
 
Saber... que é bom andar na vida sem filtros e que deve mostrar-se tal qual como é.
 
Saber... o poder que tem uma palavra. Que as amizades mais importantes nascem muitas vezes, quando se pensa  que já temos todos os amigos que se precisam, e que mais amizades não enfraquece as que já temos.
 
Saber... que o melhor de toda uma vida de amizade, acaba quando se dá conta que aquele amigo que acreditamos ter, era mais produto de imaginação do que realidade. Porque ás vezes, a realidade é mais um desengano.
 
Saber... que o amor dói, que a lealdade é algo difícil de manter, que é fácil ser sincero, até que a única forma de sobreviver seja dizer uma mentira.  Ganha-se muito mais com a honestidade.
 
Saber...  que tudo tem um custo. Que tudo na vida é um compromisso e que há sempre alguém, que acaba por pedir-te algo em troca.
 
Saber... que percorrer um caminho traçado por si mesmo implica falhar em muitos momentos, haver quebras, despedidas, dispersão, dúvidas de solidão. Será uma luta constante entre o voltar atrás, desviar ou tomar um caminho traçado por outro, porque aparentemente é mais fácil, mas que poderá levar a um terreno onde há arrependimentos.
 
Saber...  que  haverá sempre alguém que critique, que diga que não, que tente fechar a porta que quer abrir, porque tem medo.
 
Saber... que a liberdade é algo interior e que a vida é um jogo constante, entre vontade e destino. Que nenhuma decisão é definitiva.
 
Saber... que quanto mais complexo o objectivo, valerá sempre a pena desfazer tudo e voltar a começar e que pode alcançar qualquer coisa a que se proponha. Quem  tem sorte, são aqueles que estão convencidos de que a têm.
 
Saber... ouvir seu corpo. Ouvir o seu coração... que ás vezes é preciso, nos deixar levar pelos sentimentos mas... que é muito lógico deixar que seja a razão, a ter a última palavra.
 
Saber... que o que dizem os outros talvez nos importe, mas que no final, não conta para nada,  porque  outros quase sempre, acabam por mudar de opinião. Que a vida é apenas nossa,  que as decisões devem ser prioritariamente nossas.
 
Saber... que se nasce sozinho, e se morre sozinho, por isso, se deve  parar de fazer as coisas pelo que os outros pensam. Por vezes  geram males maiores, do que qualquer passo errado, ou em falso que se dê, por conta própria.
 
Saber... Que a melhor cura para uma tristeza,  é que a cozinha se encha de um cheiro, que traga recordações de infância.
 
Saber... Que essa vida é maravilhosa, e que é preciso olhar sempre para o quão de bom existe... que geralmente é mesmo muito !!
 
 
Saber... que temos tantas coisas para "Saber", que parece que uma vida não basta...!! Por isso esta vida ser uma eterna aprendizagem !!
_________________
 
Nota pessoal:  Este texto apareceu-me por acaso numa pesquisa na internet.  O certo é que foi traduzido, penso que de espanhol para português, mas e pedindo desculpas ao autor/a que desconheço, dado que não estava assinado... adaptei-o um pouco (sem alterar) apenas para o tornar mais legível. 
 
Não me aposso da autoria, mas desconheço o autor/a. Se alguém souber o seu nome, agradeço a informação. Gostaria muito de saber de quem é o texto original. 
 
Pessoalmente, apenas o tornei mais apelativo na forma de escrita, dada a má tradução e acrescentei uma imagem que "retrata-se" um pouco o texto.
 
Reforço mais uma vez, que não sou a autora de origem, para que não seja de modo algum, acusada de plágio, tal como não gostaria que o fizessem, com os meus textos de autoria identificada. 
 
®M.Cabral_pt (in "artigos interessantes" ) 

01.04.24

Direccionado a todas as Mulheres em geral e especialmente para quem sofre desta terrivel doença - Cancer !!


Maroussia

Depois de ver este filme, embora já soubesse "alguma coisa" sobre este tipo de cura,  fiquei revoltada  e/ou desiludida, sei lá, como se pode negar a evidência de uma cura quase a 100%,  quando a mesma estava mais que atestada de veracidade. 
Sempre tive a esperança  (ultima a morrer ) e na minha "ignorante" ideia, porque não apostar numa vacina ou algo parecido como preventivo para este "bicho" que é uma das causas de maior mortalidade. Afinal parece que não haveria , apoiada pelo filme, (prefiro escrever em passado) vontade pelas pessoas que estavam à frente dos grandes Laboratórios... 

Será que o sistema de químio e rádio, que por vezes acelera mais o estado, devido às grandes doses de radiação, será menos dispendiosa, logo, não afecta  lucros ?

Não sei se resulta em todo o tipo de cancro mas, se resultar no da mama, onde em cada (segundo li)   5 mulheres uma está sujeita a poder contrair esse "bicho". 

Veio-me à lembrança aquando do aparecimento do Covid , fizeram-se em vários Laboratórios e em tempo record, vacinas e mais vacinas.  Será que não vale a pena apostar em algo do género, de modo a que se pudesse ter um  tratamento menos doloroso do  que existe actualmente ? 

Temos bons laboratórios experimentais e não só, excelentes médicos e cientistas, depois de ver o filme e ler a entrevista do próprio Dr. Dennis Slamon, fiquei a pensar senão poderemos ir mais além nas pesquisas,  para se poderem "encontrar"  e  avançar ,  para um modo de tratamentos menos agressivos e mais eficazes ? 

Deixo ao vosso critério, até que ponto este post poderá resultar ou não  mas... tenho uma família de mulheres e não sou tão "corajosa" assim ao ponto de me alhear deste assunto. 

Infelizmente todos os tipos de cancer podem matar em pouco tempo, tive um exemplo na família há dias e talvez por isso esteja mais vulnerável. Em seis meses, descobriu-se porque não havia sintomas, e de repente estava em todo o lado. 

Deus nos proteja e peço desculpa, por vos estar a mostrar a realidade que todos nós, não queremos sequer pensar que nos possa acontecer. 

Segue uma entrevista a este grande Sr. médico oncologista, uma celebridade conhecido mundialmente, pois a descoberta mais suave  e com resultados positivos em tratamentos,  foi dele, e teve de lutar muito,  ao dedicar a sua vida à causa em que acreditou sempre, como se pode ver no  filme,  na descrição do mesmo, escrita no final, que é auto-biográfico.

®M.Cabral    (in -  análise de pesquisas)
_______________________________________________
 

Entrevista com o Dr. Dennis Slamon

"" Em parceria educacional com a farmacêutica Roche Brasil, o MOC tem o prazer de disponibilizar para todos que acessam o portal uma entrevista especial com o Dr. Dennis J. Slamon, considerado um expoente na história do HER-2.

Sob a condução do Dr. Antonio Carlos Buzaid, editor do MOC, a entrevista convida o Dr. Slamon a falar sobre a história do HER-2, incluindo a descoberta do trastuzumabe para o tratamento do câncer de mama metastático HER-2 positivo.

Outro assunto colocado em pauta é o futuro da Oncologia, tratado com o otimismo pelo Dr. Slamon, que revela “É um momento excitante para a Oncologia e também para os pacientes porque há cada vez mais opções. Acho que vamos desenvolver terapias mais efetivas, que esperamos que sejam menos tóxicas do que as tradicionalmente usadas como quimioterapia”"

Publicado em 08/02/2019
Fim  !! 
Bem haja e que Deus o abençõe Dr. Dennis Slamon 

31.03.24

Felizmente há... Pepinos ! Nada tem a perder se tentar descobrir por si, a veracidade dos "factos". !!


Maroussia

Felizmente há... Pepinos !!

 
 
 
O PEPINO contém a maioria das vitaminas que  o nosso organismo necessita de ingerir todos os dias !!
Só um pepino contém Vitaminas B1, B2, B3, B5, B6, C, Ácido Fólico, Cálcio, Ferro, Magnésio, Fósforo, Potássio e Zinco !
Benefícios que este legume lhe poderá trazer ao seu dia a dia, e que o seu "corpo" vai  agradecer !
A nível alimentar (saudavelmente) :
- Sente-se cansado à tarde, dispense a cafeína e coma um Pepino, do modo que melhor lhe agrade ! 
- Os Pepinos são óptimas fontes de Vitaminas B e Carboidratos, logo, fornecem-nos aquela '' animação'' que dura por horas !
- Os Pepinos contêm bastante açúcar, Vitaminas B e electrolites para repor nutrientes essenciais que o corpo perde.
- Quer evitar aquela fome à tarde ou à noitinha com alguma coisa ? Os Pepinos têm sido usados há centenas de anos  por caçadores Europeus, exploradores e comerciantes como uma rápida refeição para evitar a fome !
A Nível de Estética =  Cuidados de Beleza :
- Consegue uma rápida e fácil forma de remover celulite, se o utilizar  puro, como se de  um creme de beleza se tratasse !
nota:  Há variados cremes de beleza, feitos à base de pepino, por alguma razão terá sido eleito, para tal !
- Se esfregar uma rodela ou duas de pepino nas áreas afectadas por alguns minutos, os fito-químicos do pepino forçam o colágeno da pele a "encolher"  firmando a camada de fora e reduzindo a visibilidade da celulite.  É  ainda muito útil na redução das rugas. 
A nível relaxante: 
- Está cansado, stressado, sem tempo para uma massagem, facial ou visita ao SPA ? Corte um pepino inteiro e coloque numa panela de água a ferver. 
Os químicos e nutrientes do pepino reagem com a água a 100º  vaporizando o ambiente, com   um relaxante cheirinho que tem sido "aprovado"  por reduzir o stress, sob pressão ! 
- Acabou de almoçar e vê que não tem pastilha elástica de menta, hortelã ou afim ?  Pegue numa fatia de pepino e comprima no céu da boca com a língua por 30 segundos para eliminar o sabor da comida. Os  fito-químicos matarão as bactérias responsáveis por causar  o mau hálito !
- Se bebeu demais (não deveria mas...)  para tratar a ressaca, temos mais uma vez o pepino :
- Deseja evitar uma ressaca ou dor de cabeça? Coma algumas fatias de pepino antes de dormir e acordará sem dor e sem  a famosa e indesejável "ressaca".
Os Pepinos contêm bastante açúcar, Vitaminas B e electrolites para repor os nutrientes essenciais que o corpo perde, mantendo tudo em equilíbrio, evitando ambos a ressaca e a dor de cabeça!
Nas Limpesas de Casa: 
E resta-nos ainda a parte de Limpezas sem abrasivos e contribuindo para o Ambiente mais salutar. Senão vejamos:
- Procura algo ''Verde"  não abrasivo e poluente, para limpar as torneiras, lava-loiças ou outros objectos  em aço inoxidável?
- Esfregue uma fatia de pepino na superfície que deseja limpar, e verá um novo  brilho,  sem marcas e sem  manchar unhas e mãos !
- Retirar o embaciamento no espelho, após os banhos. Esfregar uma rodela de pepino no espelho. Verá dissipar-se a neblina e produzirá uma agradável fragrância ! 
- Não tem tempo para engraxar os sapatos, mas tem pepino em casa...  Simplesmente esfregue uma fatia fresca de pepino sobre os sapatos. Os químicos naturais do pepino darão um  rápido e durável brilho e impermeabiliza o calçado !
- Acabe com o irritante barulho de um um "ranger" de portas... esfregue uma fatia de pepino e no sítio do rangido e ... assunto tratado !
Falta-nos os Jardins e pequenas hortas :
- As lesmas e caramujos que nos arruínam as plantas. Basta colocar  algumas rodelas de pepino num pequeno prato ou  lata, não convém ferro nem alumínio, na horta ou jardim, e esses pequenos "terrores", não se aproximam com facilidade. As químicas do pepino reagem com o alumínio para dar um cheiro não detectado por humanos) mas que afastam esses bichos prejudiciais, a um bonito jardim. 
__________________________________
E depois disto só me resta dizer:  Felizmente que há PEPINOS !!!
Pesquisa: Internet
imagem: - Internet 
Nota: Eu utilizo em variadas situações e resulta mesmo !
®M.Cabral    (in - Conselhos úteis )

30.03.24

I Miss you ... do passado, bom ou mau tinha o "tempo" à frente... agora esse tempo, passou a estar lá atrás e sem retorno... !!


Maroussia


I Miss you...

Sim... do que já passou ! Apesar dos pesares, tinha uma "Vida"... que fui tentando "driblar" como podia, para que tudo me parecesse mais fácil.

Hoje, e porque os anos  avançam em alta "velocidade" e a realidade entra mais na agudeza... tento o mais que posso "resistir" e assim vou  "sobrevivendo".

Olho o "Mundo" que me rodeia,  muitas vezes através de uma janela e meio encoberta pelos cortinados... Sendo que, o faço em sentido figurado ou será,  que nem tanto assim ?!

Quiçá o faça, inconscientemente, numa forma de esconder a tristeza, dos desgostos sofridos, as falhas na saúde, as frustrações, ao constatar que a maior parte das pessoas que me "rodeiam" são frias, indiferentes e  falsas como Judas... e enquanto isso,  vou caminhando para uma  "decadência" inevitável, porque a Vida é assim mesmo, simples, nós é que a complicamos... logo,  contra factos, não existem argumentos...!!

Não estou a vitimizar-me, apenas a desabafar, algo que a maioria das pessoas, tenta fantasiar, com receio de se desnudar... !

Pode faltar-me tudo mas, jamais me faltará a coragem para me manter fiel a mim mesma. Daí  estas palavras serem escritas e sentidas.  Nada muda, nem me conhecem sequer (salvo raras excepções) mas eu penso, que os blogs funcionam como um diário (embora eu não seja muito assídua) para muito boa gente, pelo que leio por aqui !
Amanhã será outro dia, ou não... Só Deus sabe !!!

by) M.Cabral_pt (in "análise") 

30.03.24

Segredos e histórias da principal artéria da Baixa lisboeta. Algumas curiosidades sobre a Rua Augusta !


Maroussia

Porque gosto da minha Cidade, e porque de quando em vez me deparo com textos e fotos, em artigos deveras interessantes, tomei a liberdade, com as devidas referências aos seus "autores", de passar este excelente "passeio" pela Rua Augusta e arredores, que muito bem está "relatado", fazendo com que possamos não esquecer parte da nossa bonita e rica história, como a Capital de Portugal. 

__________________  Passo a postar o artigo em si... !!
                             
                                                  
                                                     António Novais [19-] | AML

Lisboeta que é lisboeta já percorreu a Rua Augusta dezenas de vezes ou não fosse esta a rua mais agitada e charmosa da Baixa de Lisboa. Mas esta artéria guarda História e histórias, do século XVIII até ao presente. Vamos descobri-las?

1. Rua da Augusta Figura do Rei !

Tantas vezes já dissemos “Rua Augusta” que nos esquecemos de perguntar a nós mesmos: “Mas afinal, quem é a Augusta?”. Pois bem, o nome completo da Rua Augusta é Rua da Augusta Figura do Rei, uma homenagem ao monarca D. José I, figura retratada na estátua equestre da Praça do Comércio.
 
Este rei foi também o responsável pela inauguração da prática de atribuição de nomes de ruas por decreto e foi da sua responsabilidade a Portaria de 5 de Novembro de 1760. Nesse documento estabeleceu-se, por um lado, a denominação dos arruamentos da Baixa lisboeta e, por outro, a distribuição dos ofícios e ramos do comércio pelas diferentes ruas da Baixa. Segundo o decreto, a Rua Augusta deveria alojar os mercadores de lã e de seda.
 
Foto: Domingos Alvão [19–] | AML
2. Fernando Pessoa

Esta artéria primordial da Baixa esteve também ligada à vida do estimado poeta Fernando Pessoa. Entre 1934 e 1935, tinha o escritor 46 anos, a firma “E. Dias Serras, Lda”, também conhecida por “Casa Serras”, terá sido o seu local de trabalho. A empresa, dedicada à “importação e representação”, funcionava no 1º. andar do número 228.
Curioso é que grande parte da vida de Pessoa está ligada a esta zona da cidade: foi, aliás, quando trabalhava na firma “Félix, Valladas & Freitas, Lda”, no nº 42 da Rua da Assunção, que terá conhecido a sua namorada Ophélia Queiroz, o único relacionamento oficial do poeta.

                                    Foto: casafernandopessoa.pt
 
3. Uma loja centenária

Fundada em 1913 no número 272 da Rua Augusta, a Casa Macário dedica-se ao comércio de bebidas, bombons, cafés, chás e chocolates. Na entrada, uma tabuleta indica “Please Don’t Clean The Bottles” porque, neste espaço, as garrafas querem-se cobertas de pó para comprovar a sua história. É um dos lugares de referência para comprar vinho do Porto na Baixa, assim como produtos regionais e guloseimas. Mesmo à saída da loja, se olhares para o chão vai ter uma surpresa: na calçada portuguesa, lê-se “Café, Chá e Chocolates | 274 – 272“, simbolizando os produtos que ali se vendem e os números de porta que a loja ocupa há já 106 anos.
 


                                          Fotos: lojascomhistoria.pt
 
4. Arco da Rua Augusta
 
Embora tenha sido inaugurado em 1875, o Arco da Rua Augusta foi planeado em 1759 para comemorar a reconstrução pombalina da cidade após o terramoto de 1755. Sim, demorou mais de um século a estar concluído e chegou a ser comparado às obras de Santa Engrácia pelos historiadores da época!
 
Idealizado pelo arquitecto Eugénio dos Santos, foi Veríssimo José da Costa que acabou por assinar o projecto numa construção que se revelou bastante atribulada. O Arco começou a ser construído em 1775 mas a primeira versão seria demolida em 1777, após a subida ao poder de D. Maria I e a demissão de Marquês de Pombal. Em 1873, retomou-se a edificação do Arco, num projecto de Veríssimo José da Costa aprovado em 1844, tendo ficado as obras concluídas em 1875.
 

Foto: Wenceslau Cifka [c. 187-] | AML 

 Para todos aqueles que já se questionaram sobre a inscrição em latim no topo, esta serve de tributo ao Império Português e significa: “Às Virtudes dos Maiores, para que sirva a todos de ensinamento. Dedicado a expensas públicas”. Esta última sigla significa que o Arco foi realizado com dinheiro público, sem interferência de qualquer mecenas — PPD, em latim, simboliza “Pecunia Publica Dedicat“, ou seja, “(Construído) com o Dinheiro do Povo“.
 


                                                        Foto: @yellowsavages
5. Casa Africana
Por certo já ouviram ser evocada a expressão “preto da Casa Africana” quando alguém está muito carregado. Embora seja uma expressão claramente racista, a verdade é que a Casa Africana foi um dos estabelecimentos comerciais mais emblemáticos da Rua Augusta — e a sua imagem de marca era, efectivamente, um africano carregadíssimo, que transportava as encomendas e embrulhos dos clientes. Fundada em 1872 na Rua da Vitória, entre os números 33 e 37, a loja foi ampliada no início de 1896, passando a ocupar também os números 152, 154 e 156 da Rua Augusta.
 

                                                   Foto: Restos de Colecção
Em 1905, a loja mudou novamente de localização para um edifício que dava para a Rua Augusta, para a Rua da Vitória e para a Rua dos Sapateiros. Os anúncios da época diziam que a loja era a que mais barato vendia em Lisboa, dedicando-se ao comércio de confecções, chapéus de senhora, sedas e lãs. Na fachada, permanecia a famosa imagem de marca: o “Preto da Casa Africana”.
 
A loja fechou portas em definitivo no final da década de 90 do século passado. Actualmente, o mesmo edifício é ocupado pela… Zara.

6. As ruas paralelas e perpendiculares
 
A Baixa Pombalina, sonhada por Marquês de Pombal, concebeu a Rua Augusta como eixo central de ligação entre a Praça do Comércio e a Praça D. Pedro IV (Rossio). No entanto, são várias as ruas que a cruzam e rodeiam, todas com diferentes graus de importância que podem ser averiguados pela sua largura e pela tipologia dos edifícios.
 
                                 

                                                       Foto: @paulo.panopio

As ruas paralelas mais importantes são:

Rua do Ouro, ou Rua Áurea, outrora reservada aos artesãos que trabalhavam este material precioso e aos relojoeiros;
 
Rua da Prata, antes chamada Rua Bela da Rainha (em homenagem à Rainha D. Mariana Vitória, casada com D. José I), que albergava os ourives da prata e livreiros;

Rua dos Fanqueiros, anterior Rua Nova da Princesa, dedicada aos comerciantes de fancaria (comércio de tecidos), lençaria e quinquilharia.

Existem ainda outras três ruas paralelas à Rua Augusta mas, por serem de menor importância e dimensão, receberam nomes de profissões menos nobres: Rua dos Sapateiros, Rua dos Correeiros e Rua dos Douradores.
 
Todas a artérias transversais têm nomes de índole religiosa: a primeira a contar do Rossio é a Rua de Santa Justa, depois Assunção, Vitória, São Nicolau, Conceição, São Julião e Rua do Comércio, noutros tempos Rua Nova D’El Rei cujo nome foi alterado em 1910 com a Implantação da República.
 
Fonte:  By Inês Santos 
Foto de capa: António Novais [19-] | AML
Tags: Arco da Rua Augusta,Baixa,Casa Africana,Casa MacáriomCuriosidades, Fernando Pessoa.
__________________________________*******________________________________
Nota Pessoal:  Obrigada por este trabalho que muito me honra divulgar, neste meu humilde espaço, onde gosto de "mostrar" o que para mim, reputo de interessante, quer seja de minha autoria ou de outrém (como este artigo).
Oxalá seja igualmente algo de interesse para mais alguém.
Não terá sido uma perda de tempo, nem umas horas de "trabalho" em vão, pela minha parte e especialmente da autora...!!
 
®M.Cabral 📖

30.03.24

Lar doce Lar ... !!


Maroussia

 



 

 

 

 

Neste momento e com este frio, semi -temporal, é só o que me apetece... /aproveitar a pausa de estar sózinha /, mais logo e amanhã, já fica mais "alvoroçado", no bom sentido, felizmente.!!


®M. Cabral  (in "preguiça" ) 


29.03.24

Cansada de ver e ouvir diariamente nas tvs e afins, vezes demais, faço esta "postagem"... quiçá imbuída nesta data Pascal... !!


Maroussia

Tardiamente chegadas, bem como a grande maioria do apoio necessário !



Lamentavelmente muitas mulheres se irão rever neste pequeno artigo.
Infelizmente algumas também "já receberam flores".

Quero deixar aqui bem expresso, para além da grande indignação, a minha solidariedade e sobretudo uma chamada de atenção para a Violência contra a Mulher.

É inadmissível que em pleno Século XXI, subsistam situações destas. As mulheres têm os seus empregos, a sua valorização pessoal, tratam das famílias, sofrem os problemas do quotidiano e, uma grande parte, recebe como pagamento dessa entrega, uma vasta diversidade de Violência, muitas vezes com um desfecho igual ao que aqui se vê..

É tempo de se dizer NÃO a este tipo de situações, jamais a Violência levará algo a um bom caminho e, muito menos um casamento, que deve ser baseado no Amor incondicional.

Famílias destruídas, crianças que levarão um trauma da infância a um ponto de, muitas vezes quando adultos, se reverem na situação e se tornarem violentas também.

Se tiverem algum indício de que a relação não vai vem, dialoguem muito, esclareçam-se mutuamente do que está menos bem ou até mesmo mal, mas Violência jamais.

E vocês mulheres, que ainda estão a ser vítimas deste tipo de comportamento doentio, não se silenciem , não esperem até "receber flores".

Peçam ajuda a uma amiga, a um familiar, existem várias Associações onde podem recorrer, não se envergonhem.

Com uma atitude atempada evitam um sofrimento maior e em muitos casos podem ajudar a pessoa que, talvez por ser problemática, tenha esse tipo de comportamento, sem estar consciente daquilo que faz.

DIGAM NÃO À VIOLENCIA e a melhor maneira é dando-a a conhecer !

Eu mesma, neste momento, com esta modesta contribuição, estou a juntar o meu PROTESTO aos milhares já existentes.
 
 ®M.Cabral  (Parte do texto e composição)

Nota: ** O texto das fotos bem como as mesmas, são "produto" da internet (desconheço a autoria) !! **

29.03.24

La Boda de Luis Alonso - Ouvir e ver esta "obra", uma da vastíssima desta grande Sra. deixa-me em "êxtase", no sentido "admirativo" da palavra...!!!!


Maroussia

 




The most popular Spanish tune of all time "La Boda de Luis Alonso" composed by Gerónimo Giménez, with an stunning performance in the Auditorio Nacional de Música conducted by Enrique García Asensio accompanied by the amazing Castanets player Lucero Tena. 
******

Sem palavras para acrescentar ... há sentimentos que entram directamente na nossa essência. Transcendência ao mais ínfimo pormenor. É uma honra poder partilhar esta magnificência neste meu blog.

®M.Cabral_pt (in - "Arte" Musical ) 
 

29.03.24

Compartilhando mais uma das minhas "interrogações" existênciais...??!!


Maroussia

 


Será que somos Seres Humanos a viver uma experiência de vida espiritual, ou seremos Seres "Espirituais" a viver   uma vida de experiência humana ??

Curioso como quando alguém faz mal, pensa-se que é movido pelo Demónio... se faz bem já é  motivado por Deus.

Na realidade, somos apenas movidos pelos nossos instintos... só a cobardia de admitir tal, nos leva a encontrar "Alguém" para que possamos "descartar" a nossa responsabilidade... (mera opinião pessoal) !!
 
 ®M.Cabral_pt (in "ser ou não ser")

28.03.24

Um dos artigos que escrevi, colaboradora com uma coluna semanal, num Jornal Regional, mas que infelizmente teve de encerrar por falta de "verbas" de ajuda, dado que era distribuído gratuitamente !


Maroussia

Com votos de uma Páscoa Feliz, Saudável e muito atenção na estrada para quem vai viajar. Todo o cuidado é pouco ! 

 


_____________________________________________

Nota : Texto publicado em 2009 mas,  sempre actual !

®M.Cabral_pt  (in - "jornalismo sem fins lucrativos" )

28.03.24

Uma casa descoberta, com um belíssimo histórico !!


Maroussia

 

 

Casas abandonadas estão em toda parte, mas descobrir uma casa abandonada que foi deixada intocada desde a década de 1950 é muito especial. Esta casa delapidada foi descoberta em Ontário, Canadá por um explorador urbano. E olhar para os móveis é como entrar em uma máquina do tempo; o interior da velha escola imediatamente faz você se sentir como se você estivesse vivendo no passado!
Olhar para estas fotografias é como um vislumbre tentador da vida dos antigos proprietários.
 
1. O interior do armário de remédios. Um pormenor interessante : A maioria das marcas encontradas dentro do armário ainda existe hoje em dia. Não é incrível ?
2. Mesmo os suprimentos de barbear usados ​​pelo homem da casa ainda estão intactos. Não iríamos considerar o uso da navalha, no entanto.
3. Algum perfume muito antigo também foi encontrado na casa abandonada. Quais  seriam os aromas.
4. No andar de cima, todos os aposentos estavam cheios de pilhas e pilhas de livros. Há  livros sobre dependência, Jesus, guerra, bem como uma tonelada de jornais e revistas.
5. Também foram encontradas cartas manuscritas. Infelizmente, não há nenhuma pista sobre o conteúdo das cartas.
6. O estado em que este quarto foi encontrado é muito impressionante. O fotógrafo disse  que fazer uma foto era quase uma missão impossível devido a todas as pilhas de livros.
7. O piano estava um "pouco" empoeirado.
8. Um móvel expositor acomoda pequenos gatos de porcelana, copos e xícaras florais.
9. Esta sala está  notável. Possui um sofá vermelho, duas cadeiras de pelúcia, bem como  outras peças de mobiliário. Uma guitarra, permanece no seu estojo na mesa de centro, junto com um antigo gira-discos e uma pilha de discos de vinil.
10. O gramofone antigo quase do início do século XX permanece em um canto da sala de  estar junto com as agulhas e lenços para limpar os registos. Com certeza que os coleccionadores  iam adorar esta belíssima peça !
11. O fogão com material de cozinha.
12. A coisa mais interessante de todas: todos os produtos ainda estavam na embalagem original.
13. O toucador na casa de banho ao estilo toillete desactualizado. Dentro das gavetas uma caixa cheia de chapéus, jóias e álbuns de fotos. 
14. As jóias encontradas na gaveta.

                                   Texto e fotos, fonte de pesquisa:  Internet (desconhecida a pertença original) 
_________________________________________________________________________
Nota pessoal: 
Assim se encontra uma preciosidade inacreditável, porque venceu e resistiu 50 anos a todas as intempéries. 
Quantas mais não haverão por esse Mundo fora. Por vezes nem se podem adquirir porque, simplesmente não se sabe quem é o dono e quando se sabe não há documentos que dêem viabilidade a essa compra. 
Mesmo aqui em Portugal, existem centenas, mas por experiência própria, deparei-me com esse problema e várias vezes.
 
®M.Cabral  - (in "preciosidades ao abandono" ) 

28.03.24

Ainda há tanta beleza entre um "pôr do Sol" e o "anoitecer"... Basta saber "contemplar" essa... "passagem" do tempo !!!


Maroussia

77086466_2991770547517946_6163290512280256512_n.jp

 

Deixem-me envelhecer sem compromissos e cobranças,

Sem a obrigação de parecer jovem e ser bonita para alguém,
Quero ao meu lado quem me entenda e me ame como eu sou,
Um amor para dividirmos tropeços desta nossa última jornada,
Quero envelhecer com dignidade, com sabedoria e esperança,
Amar minha vida, agradecer pelos dias que ainda me restam,
Eu não quero perder meu tempo precioso com aventuras,
Paixões perniciosas que nada acrescentam e nada valem.
Deixem-me envelhecer com sanidade e discernimento,
Com a certeza que cumpri meus deveres e minha missão,
Quero aproveitar essa paz merecida para descansar e reflectir,
Ter amigos para compartilharmos experiências, conhecimentos,
Quero envelhecer sem temer as rugas e meus cabelos brancos,
Sem frustrações, terminar a etapa final desta minha existência,
Não quero me deixar levar por aparências e vaidades bobas,
Nem me envolver com relações que vão me fazer infeliz.
Deixem-me envelhecer, aceitar a velhice com suas mazelas,
Ter a certeza que minha luta não foi em vão: teve um sentido,
Quero envelhecer sem temer a morte e ter medo da despedida,
Acreditar que a velhice é o retorno de uma viagem, não é o fim,
Não quero ser um exemplo, quero dar um sentido ao meu viver,
Ter serenidade, um sono tranquilo e andar de cabeça erguida,
Fazer somente o que eu gosto, com a sensação de liberdade,
Quero saber envelhecer, ser uma velha consciente e feliz!!!
by M.Concita Weber
____________________________________________________
Nota pessoal:  Achei este texto tão interessante, ao ponto de me rever nele e de através do mesmo, me querer fazer "ouvir".
Sim, é isto que eu quero, por favor - Deixem-me envelhecer - sem ter de fazer "fretes". Já adquiri esse direito.

O meu futuro é o dia de hoje... !! 


®M. Cabral  - in (constatações de Vida) 


27.03.24

Homenagem à Mulher... entre as variadas Árvores da Vida, quiçá com origem no "místicismo"... o design e o que leio sobre as mesmas, esta tem a minha preferência...!!


Maroussia


ArbreDeVie2023_DP-CMN_E_07.jpg
Árvore da Vida by Joana Vasconcelos. Uma - transformadora - do "nada" em belíssimas e grandiosas Obras de Arte, de quem sou uma admiradora,  sem restrições...!! 

Joana Vasconcelos criou a Árvore da Vida que é um hino às mulheres. A instalação da artista portuguesa está presente na Sainte-Chapelle, em Vincennes, nos arredores de Paris. Tem cerca de 15 metros de altura e é composta por mais de 140 mil folhas bordadas decoradas com 11 mil lâmpadas LED.


A iluminação cuidadosamente projectada ressalta a complexidade e a beleza da obra de arte, proporcionando uma experiência visual única e envolvente para todos os que têm o privilégio de testemunhar esta criação surpreendente da artista portuguesa.


Fotografia: 
© Didier Plowy | Cortesia Centre des Monuments Nationaux

c) M.Cabral (in "Arte Lendária")

27.03.24

Um Gesto Simples, mas... gratificante ! Nunca nos devemos esquecer de dizer Bem Haja a quem demonstra o seu altruismo !!


Maroussia

 


Um _Gesto Simples_ é estender uma mão amiga !

É um acto de caridade para os necessitados. Uma palavra amiga é sempre reconfortante.

É servir uma refeição quente, a quem tantas vezes precisa de cuidados. E assim poder sentir-se mais aconchegante.

É sem olhar às condições, cuidar com amor. Amparar nas horas mais tristes, quando impera a dor.

É limpar, lavar, tentar sarar as feridas,  com ternura e sabedoria atenuar o sofrimento. Com carinho colmatar a solidão levando alento e fazer sentir até os mais "abandonados" como pessoas queridas.

Todas as palavras que se possam escrever, nunca serão demais. Porque quem abraça estas causas, são seres extraordinários. Entregando-se no seu dia a dia de corpo e até de alma. Porque não é só o trabalho que, fazem os seus dias, desiguais. Nem tão pouco será o que recebem em honorários... Mas sim, a “entrega” com que conseguem transmitir,  o carinho, o bem-estar possível e até a calma.

Todo o ser humano tem a sua matriz, mais ou menos avalizada  mas o que me leva a escrever estas palavras, assim tão simplesmente, é porque não conheço outra forma mais sentida e de eterna gratidão, de modo a que toda a minha admiração possa ser “direccionada”.

Para as pessoas com quem tive a honra de privar, quis o destino, infelizmente, por pouco tempo mas, que foi mais do que suficiente, para as “guardar” para sempre no meu coração.

Bem Hajam àquelas pessoas que me ajudaram até ao fim, porque sózinha, estava a ser muito difícil. Pude pagar pelos serviços, mas sei que faziam o mesmo, igualmente, a quem não as podiam remunerar. 

Estamos numa época que me toca muito como crente, a Semana Santa, onde a Ressurreição em Jesus Cristo acontece e eu, creio muito nisso, "sei" que será assim. Passaram 12 anos desde que a minha Santa Mãezinha fez a sua passagem e não consigo fazer o seu luto.  Metade de mim foi com ela. 

Guardei este "humilde" texto, ao longo de anos, depois de o ter feito chegar a quem o merecia por direito adquirido pelas suas beneméritas acções. 

Decidi transcreve-lo hoje aqui, quiçá pelo modo catastrófico em que este Mundo se encontra, quando o Mal se espalha rapidamente por todos os meios mais hediondos e onde a palavra Humanismo, foi trocada pelo Poder e Subjugação entre os "Homens" !!

Um modo muito pessoal de dar significado a esta época Pascal. Se 2 pessoas que sejam, lerem estas palavras, penso que cumpri parte da minha intenção. 

Nada é por acaso,  o meu apelido pelo lado materno é Ressurreição. As nossas "crenças", religiosas ou não, geram atitudes que nos podem confortar a nós e aos outros, é isso que marca a diferença do Ser Humano. 

®M. Cabral  (in - memórias para sempre)  

20.03.24

A realidade, de uma crueldade sem limites...!!


Maroussia

raposinha1.jpg

Para as "dondocas" andarem em concorrência de "status" (riqueza em ostentação), cometem-se "assassinatos" em variadas espécies animais, sem dó e friamente.

Quem compactua com esta crueldade, pouco ou nenhum sentido de Humanidade tem, quando não olha aos meios para os atingir os fins, de pura vaidade", pese embora o facto, das vidas que vitimaram, mal algum lhes tenha feito.

Lamentavelmente uns milhares de crianças e idosos, (referindo-me apenas aos mais fragilizados) enrolam-se em "trapos" e até papeis/cartões, para se cobrirem das intempéries mas, em contraste outras pessoas, gastam fortunas a comprar as peles dos animais indefesos, pelo prazer de usufruir de um casaco ou qualquer outra peça,  fortunas essas, que  mudariam por completo, o quadro miserável que acabei de  descrever. 

Claro que uma grande parte das pessoas comem certos tipos de carne, fazem-nos com o intuito de se alimentarem. Cada um escolhe o que prefere comer mas... não há comparação possivel, nem eu estou a fazer juizos de valor, sobre alimentação.

No entanto quando é pensado na ostentação e vaidade, matar animais que em pleno século XXI, não são vistos como animais a abater para matar a fome, há uma diferença abismal. 

Como nota adicional:  são necessárias cerca de 200 chinchilas para fazer um casaco. "Usar casaco de pele animal em pleno século , com tanta tecnologia que temos disponível para a criar tecidos sintéticos, é uma atitude imoral". 

E mais não escrevo, seria enfadonho, prefiro que cada um de "per si" faça o seu juizo.


Desculpem se feri susceptibilidades, já vai sendo um hábito meu. No entanto creiam que não quero de todo,  que leiam isto como uma crítica destrutiva mas sim, de um certo modo (a meu jeito), o tentar alertar consciências.  
®M. Cabral  (in - momentos de revolta)