Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

MAROUSSIA

Um pouco de mim... Sobre o que sinto, ouço, escrevo e gosto !!

MAROUSSIA

Um pouco de mim... Sobre o que sinto, ouço, escrevo e gosto !!

06.10.19

A caixa de musica...


Maroussia

Graciosidade ... !!



” A CAIXINHA DE MÚSICA ”

A caixinha toca e eu escuto extasiada
presente de há muitos anos passados,
hoje recordo quanta fábula encantada
quantos sonhos por mim foram sonhados.

Dança tão suavemente a bela bailarina
ao som daquela música de encantar,
e eu volto aos meus tempos de menina
onde a fantasia tinha sempre o seu lugar.

A linda menina da caixa era uma princesa
que rodopiava alegre numa dança sem par,
eu ficava a olhar na minha ingénua pureza
na esperança de ver o seu príncipe chegar.

A música era uma melodia tão suave e linda
Que da minha meninice essa recordação ficou,
como se a cada momento eu a escute ainda
porque ate hoje, a minha mente a guardou.

Ainda a bailarina dança com a tal leveza
tal como aquela melodia me faz emocionar,
por vezes cerro os olhos e “vejo” com clareza
no meu imaginário finalmente o príncipe chegar.

Existe tamanha graciosidade e grande fantasia
dentro de uma Caixinha de Música tão singela,
que apenas uma doce mas marcante melodia
me emociona ainda, com a sua imagem tão bela.

®M. Cabral (autoria)

imagem by Pinterest 

06.10.19

Quase... é o limite !!


Maroussia

porque metade de mim é amor.jpg

Entre o "tudo" e o nada", existe o "quase"...É aí que me situo .Sou, quase tudo e quase nada... estou no "limite"...!!

Posso não fazer nada de importante para os outros, mas tudo o que faço, terá sempre a importância que "eu" lhe quero dar. Isso me basta !!

®M.Cabral

06.10.19

Memórias de menina... no florescer do romantismo !!


Maroussia

Foi ao ouvir estas musicas em vinil, que me tornei numa "menininha" romântica. Já na adolescência (ainda com o género musical dos anos 70, em voga)  dançadas nas academias e nos clubes, passaram a fazer parte dos breves "namoricos" da juventude. Hoje continuo a gostar de ouvir estas preciosidades que me emocionam. Saudades ? Claro que sim... seria tola se as não sentisse, mas estão bem arrumadas nas lindas memórias desse tempo... porque a vida continua e muda a cada segundo... !!

®M.Cabral