Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

MAROUSSIA

Um pouco de mim... Sobre o que sinto, ouço, escrevo e gosto !!

MAROUSSIA

Um pouco de mim... Sobre o que sinto, ouço, escrevo e gosto !!

27.02.20

Luta pela Vida e ... Vida pela luta !!


Maroussia

transferirfoh^go.jpgimagem google

” SOLDADOS DA PAZ “

Soldados da Paz, que grande ironia...
porque Paz é o que eles menos têm,
não existe tempo, seja noite ou dia
nos maus momentos, a todos convêm.

Sentinelas sempre em estado de alerta
entregam-se de corpo, alma e coração
encontramos sempre a sua porta aberta
para todos nós, em horas de grande aflição.

São os fogos, desabamentos, inundações
transportam doentes, lutam com a morte,
polivalentes como ninguém, em ocasiões
em que para os outros, houve má sorte.

O que os move é a solidariedade,
levados por sentimentos humanitários,
de abnegação, ajuda e de bondade
e em grande parte são para isso, voluntários.

Humanos como poucos seres o são,
merecem de nós toda a estima e respeito,
todos lhes devemos demonstrar gratidão
porque tudo isso, eles têm por direito.

Para muitos que nada fazem de significante,
são homenagens, com louvores e medalhas,
e a quem as merece a todo o instante
é para com esses que se cometem as falhas.

Para além de não serem honrados devidamente
muitas vezes nem material lhes facilitam,
e tanto dinheiro que se gasta futilmente
por causas duvidosas, que “outros” ditam.

Vamos reconsiderar todos ponderadamente
e dar as honrarias a quem as merecer,
a estes Homens que lutam constantemente
para os nossos bens e Vidas defender.

Com estas palavras humildes que aqui escrevo
quisera eu, grandemente homenagear
os Bombeiros mas, a isso não me atrevo
pois sou muito pouco, para tão alto almejar.

É necessária uma Homenagem bem diferente,
não "sustentada" por este  “simples” poema,
terá de ser com a Gratidão de toda a gente,
para que eles sintam, que a sua entrega, vale a pena !!


®M.Cabral

24.02.20

Não será a Vida um... "remote controle"... ?? Pensem nisso !!


Maroussia

Depois de estar alguns dias ausente, só podia "trazer" comigo, algo de que gosto muito e que penso ter a ver com a minha "essência". Só identificando-me assim, consigo postar "algum" conteúdo, neste meu espaço... !!

®M.Cabral

 

Eu ando pelo mundo
Prestando atenção em cores
Que eu não sei o nome
Cores de Almodóvar
Cores de Frida Kahlo
Cores!

Passeio pelo escuro
Eu presto muita atenção
No que meu irmão ouve
E como uma segunda pele
Um calo, uma casca
Uma cápsula protetora
Ai, Eu quero chegar antes
Pra sinalizar
O estar de cada coisa
Filtrar seus graus

Eu ando pelo mundo
Divertindo gente
Chorando ao telefone
E vendo doer a fome
Nos meninos que têm fome

Pela janela do quarto
Pela janela do carro
Pela tela, pela janela
Quem é ela? Quem é ela?
Eu vejo tudo enquadrado
Remoto controle

Eu ando pelo mundo
E os automóveis correm
Para quê?
As crianças correm
Para onde?
Trânsito entre dois lados
De um lado
Eu gosto de opostos
Exponho o meu modo
Me mostro
Eu canto para quem?

Pela janela do quarto
Pela janela do carro
Pela tela, pela janela
Quem é ela? Quem é ela?
Eu vejo tudo enquadrado
Remoto controle

Eu ando pelo mundo
E meus amigos, cadê?
Minha alegria, meu cansaço
Meu amor, cadê você?
Eu acordei
Não tem ninguém ao lado

Pela janela do quarto
Pela janela do carro
Pela tela, pela janela
Quem é ela? Quem é ela?
Eu vejo tudo enquadrado
Remoto controle

Eu ando pelo mundo
E meus amigos, cadê?
Minha alegria, meu cansaço
Meu amor cadê você?
Eu acordei
Não tem ninguém ao lado

Pela janela do quarto
Pela janela do carro
Pela tela, pela janela
Quem é ela? Quem é ela?
Eu vejo tudo enquadrado
Remoto controle


Siga Adriana também nas redes sociais:
Site Oficial: http://www.adrianacalcanhotto.com/

 

15.02.20

Uma das "animações" mais belas e emocionantes que vi até hoje. You raise me up !!!


Maroussia

Há momentos em que nós necessitamos de ver e ouvir algo que nos faça enfrentar a Vida com outro "olhar". Nem sempre as coisas correm a nosso contento, embora tenhamos de sentir sempre Gratidão, por cada dia que temos ao nosso dispôr. Melhor ou pior será sempre mais um que desfrutámos.
É nesse "foco" que me apoio. Viver cada dia como se fosse o último, e talvez por pensar assim, escrevo tantas vezes sobre o ... Hoje !

®M.Cabral (you raise me up) 

14.02.20

Saint Valentine's Day... !!


Maroussia

14.jpg
O dia de São Valentim era até há algumas décadas uma festa comemorada principalmente em países anglo-saxões, mas ao longo do século XX o hábito estendeu-se a muitos outros países, incluindo o nosso !! 
Sobre a sua origem, há várias versões escritas, o que  as une entre si, é o Santo e o Amor (porque ele se enamorou apaixonadamente).  O bispo Valentim, era um romântico e foi executado, por contrariar ordens ao celebrar casamentos em tempos de guerra. Após a sua morte, foi  considerado mártir pela igreja católica, e assim passou a São Valentim. 
Muito se pode escrever, mas nada que todos não tenhamos conhecimento ou não o possamos ter. Por essa acessibilidade, limitei-me a colocar este "pequeno" apontamento. 
Quero apenas realçar o texto da imagem, publicada como mensagem,  porque é esse o meu intuito !!

®M.Cabral 

12.02.20

Filhos da Guerra... Crianças feitas "grandes" à força, por gente sem escrúpulos... !!


Maroussia

guecri.jpgImagem by google

Fico horrorizada em frente à televisão, 
quando vejo imagens tão cruéis e reais,
a minha raiva sobrepõe-se à compaixão
pois são anti-humanas e tétricas demais.

Por mim “intitulados” Filhos da Guerra,
mas deviam chamar-se Filhos do Sub-Mundo
o ódio que sinto, é tanto que quase me "cega"
ao ver tantas crianças naquele quadro imundo.

Aquelas guerras, sem tréguas e sem sentidos
são tão incrédulas que nos parecem ficção,
quando vejo aqueles rostos já tão feridos
e de tão enfraquecidos, quase inertes, sem acção.

Corpos estropiados e famílias desmembradas
e todo este horror pela ganância do poder,
crianças que em vez de brincar são armadas
para matar e lutar em sofrimento, até morrer…

De fome se arrastam e vão caindo pelo chão
esfarrapados, despidos de cuidados, até á morte,
e pensar que é o Homem por desmedida ambição
que sem pudor vota seres humanos a tão má sorte.

Direitos Humanos, que palavras tão sem sentido
apregoados aos quatro ventos, pelos governantes,
que Direitos Humanos, tem todo o ser que é ferido
se nem para dizerem NÃO, lhes conferem atenuantes.

A minha dor e raiva são sentidas de maneira tal
de pertencer a uma “ raça humana” tão inculta,
que mil vezes preferia pertencer ao reino animal
pois a um irracional, não se pode imputar culpa !!

®M.Cabral

08.02.20

A Vida é uma Valsa constante, passamos o tempo numa "roda vida"... pena é que tantas vezes nos troque as voltas, e acabamos por perder os "compassos !!


Maroussia

A música de alta excelência, será sempre "intemporal"... Tal como esta obra que foi apresentada pela primeira vez em público, no ano de 1867 num baile de Carnaval (15 de Fevereiro) ! 
Esta valsa Danúbio Azul, composição  de Johann (filho) um membro, dos famosos compositores austríacos, de valsas, a família Strauss... foi (ainda é) considerado o 2º hino da Áustria. 

Nota:  Chamo a atenção para magnifíca "performance" dos bailarinos...!! 
®M.Cabral

08.02.20

No olhar diferente... é que aprendemos a "contemplar" o que nos rodeia !!


Maroussia

 

83968945_127130455451310_7827033243567259648_n.jpg

Eu vi um Homem, junto ao mar,
contemplando o que não tinha fim,
na abrangência do seu olhar...

Solitário, com " S " de sonhador
Atentava no Horizonte, iluminado pelo Luar
Murmurando-lhe em silêncio o seu Amor

Como uma "dama", esperando um bergatim,
A seu lado uma "cana" de pescar
Ocupava a seu lado, esse " lugar"...

Oh mar... que tanto tu dás
Alimento do corpo e da mente
Serenidade, acalmia e paz

Gratidão sentida em plenitude
Seria a obrigação de toda a gente
Por toda a tua magnitude ...

Eu vi um homem, junto ao mar
num doce e amoroso...
contemplar !!

20-01-2020

Para um amigo de "sempre"...
a ti... Rui Sousa

M.Cabral

imagem by : Olhares e Letras de Rui Sousa


07.02.20

Povo "nómada...quiçá uma etnia um pouco "controversa" (para quem não os entenda), todavia, humanos como todos nós, apenas de tradições e crenças mais diferenciadas e "vincadas" dentro de si ... !!


Maroussia

ciganos.jpg

” CIGANOS “

Ciganos, povo nómada sem fronteiras
a sua pátria é quase sempre indefinida,
pois vivem sob quaisquer bandeiras
desde que possam "governar" a vida.

De lindas lendas e velhas tradições
vivem livremente os dias das suas vidas,
trazem consigo centenas de gerações,
experiencias e tantas emoções vividas.

Pele morena, olhos negros e profundos
atraem-me por terem tanta sensualidade,
talvez por tanto conhecerem o mundo
tenham algo que transcende a realidade.

Seu corpo dança, nessa entrega total
que só pode ter significado de felicidade,
por vezes com uns gestos e um ar fatal
que nos causa uma certa temeridade.

A maior parte deles são perseguidos
como malfeitores, vigaristas e ladrões,
mas se no seu meio existem pervertidos
também há muita gente de boas intenções.

Mas se é uma raça em si muito controversa,
também impera nela, força e uma grande união,
entre nós, a desgraça alheia quase nos dispersa,
um cigano a outro cigano, estende a sua mão.

Talvez por tudo isto, eu me sinta tão atraída
porque o cigano encara a vida sem ter medo,
é essa maneira de saberem enfrentar a vida
que para mim, funciona quase como um “credo”.


®M.Cabral

05.02.20

Quando uma musica faz todo o sentido... e deixamos fluir sentimentos... !!


Maroussia

Espero por ti...  (waiting for you) 

Sim espero por ti ou se calhar,
espero pela... ilusão que tenho de ti.
Percorro caminhos em busca de sinais
no desassossego emocional, da ânsia
de te encontrar.
As folhas caem sobre mim, e conforta-me
saber que não estou só na "queda".
Elas pelo seu tempo de vida e eu...
pela vida do não tempo, de te ter.
Deito-me no chão, num colchão de
cores de tons quentes, preciso tanto
de sentir aquele calor que me conforta
nesta essência do Ser, mulher.
Leio vezes sem conta, que encontrar-te
seria uma necessidade mas, o papel
não passa de papel, e os desenhos de
corações, nada são mais do que isso...
Ando, passo a passo, olhando através
das árvores, esperando nos raios de Sol,
encontrar os olhos teus...
O cansaço vence-me, o meu rosto
humedece, sentida mas suavemente...
porque se há algo que sei, é que tudo o
que eu penso e desejo, acaba sempre,
na ... ilusão que tenho de TI !!

®M.Cabral (autora do texto)

PS: Apenas para não ser entendido como
uma tradução, de uma qualquer musica !!

03.02.20

Porque acho uma delícia e não é por serem doces, mas sim por constatar, até onde a imaginação nos pode levar... !!


Maroussia



Sou uma apreciadora de musica clássica na sua abrangência quase total mas,  adoro Verdi, que considero o compositor das óperas mais grandiosas (basta ver Aída). 
Para além de um pequeno trecho da Traviata, acho o máximo esta animação em vídeo,  muito bem conseguida. 

®M.Cabral

02.02.20

Da Tertúlia, resta o imaginário, o "espaço" e uma imagem... !!


Maroussia

 

c6c4e17c638f4f660543aab10da63c6a.jpgImagem by net

"Desgarrada" das 15 rimas !!

_Rui_
Marcado fico de carmim,
Pelos lábios de Maria,
Paira o cheiro de Jasmim,
Enlouqueço de Alegria.
_Maria_
Não enlouqueças assim
Por uma coisa tão pouca
Se apenas basta o carmim,
Até eu, vou ficar louca.
_Rui_
São esses teus Olhos de Deus,
Que tanto sonho em olhar,
Sonhos teus toquem nos meus,
Sério momento de abraçar
_Maria_
Olhos de Deus só tu vês
Fazem parte do meu "olhar"
Nem pensei uma só vez
Com eles fazer sonhar.
_Rui_
Que esse dia chegue depressa
De um livro editar"
Serás Deusa é promessa,
Em páginas que vou louvar.
_Maria_
Mas que tamanha honraria
Deusa...? não mereço tal.
Sou apenas a Maria
Mas te darei o meu aval ... !
_Rui_
No livro vai constar,
Esta Poesia á capela,
Vou ter de registrar,
O que vejo da janela.
_Maria_
Tu da janela, eu do varandim,
Quiçá tal obra tenha sucesso
Tudo começou pelo carmim
Que de cor, passou a verso.
_Rui_
Com a tua licença,
Terei de copiar,
É certo uma crença,
Pois estou a amar.
_Maria_
Licenciado já tu estás
Pois foste quem encetou
Por mim, já não volto atrás
Quando aqui, já se chegou.
_Rui_
Seguimos de verso em verso,
Que bonita descrição,
A medalha tem reverso,
Escrita com prontidão.
_Maria_
De verso em verso trocamos
E sem grandes ambições
Este "caminho" que andamos
Ao sentir dos corações.
_Rui_
Escrita por ti Maria,
Não pela mãe de outrora,
Palavras eu já dizia,
Sem amor eu vou-me embora.
_Maria_
Com tanta palavra sentida
É pena ter de haver fim
Porque colorimos a Vida
Que ficou cor de ... Carmim !
_Rui_
Alguém grita olha o "clock",
Era a voz do editor,
Podem publicar no Blog,
Chegou ao fim, sim Senhor !!

®M.Cabral
®Rui Sousa

_Nota de autores:_ Sem qualquer ponta de ambição que seja uma "poesia". É somente um "texto" em rimas (escrito a dois) e  "fruto" de uma noite de "desafios" !!