Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

MAROUSSIA

Um pouco de mim... Sobre o que sinto, ouço, escrevo e gosto !!

MAROUSSIA

Um pouco de mim... Sobre o que sinto, ouço, escrevo e gosto !!

31.08.20

Com demasiada "controvérsia", desde as plausíveis às mais disparatadas opiniões, os Srs. do Mundo, tentam encontrar soluções mas, falham no tempo perdido nas disputas, de quem vai ser o melhor ... O "Homem" fica cego, e o Poder ganha ao bom sens


Maroussia

Covid-19.jpg
                                               " Ladrão sem rosto "

Com receio, até da minha própria sombra, sinto-me ...
Ameaçada...!!
Porque temo ser "atacada" sem defesas, sinto-me...
Violentada...!!
Tiraste-me à força, quase tudo o que tinha, sinto-me...
Roubada... !!
                                          
Sinto-me Ameaçada, Violentada, Roubada,
De temores estou plena, "presa" à solidão
Sem errar ou prevaricar, fui "condenada"
Passei a viver, numa "globalizada"... prisão.

Ameaçada... pelas notícias em todos os momentos
Violentada... pelas imagens que vejo a toda a hora
Roubada... em quase todos os meus sentimentos
Até quando ? era a resposta que eu queria... agora.

Amaldiçoado "Ladrão sem rosto" e... seus "comparsas"
Que  nos colocaram  no Inferno, nesta cruel realidade
Não olhas a meios, para espalhar as desgraças
Roubando-nos o Bem mais precioso... A Liberdade.

Separas, pessoas, amigos, famílias e até países
Atentas todos os dias contra à expressão dos afectos
Quase que perdemos o rumo das nossas raízes
Com o Desemprego a colocar em causa, os nossos "tectos".

Nesta precária situação, em impasse de morte ou vida 
Só peço um pouco de sorte,  nesta "situação"  malfadada
E queria poder ainda, porque me encontro tão  "perdida" 
Sentir livremente, o aconchego e a força de um... ABRAÇO !!  

®M.Cabral
 Nota: Passará muito tempo ate o Mundo se recompor mas... nada mais será como antes, vamos ter de mais uma vez... aprender a "viver" de novo !!

28.08.20

De vez em quando tenho necessidade de me abstrair da dura realidade de um viver normal, muitas vezes problemático, "corroído" pelas ameaças de doenças, guerras, tragédias enfim, caminhos de Vida... e nesses momentos, deixo fluir o meu imaginário e..


Maroussia

pretty-young.jpg            
Apaixono-me pela Lua, sem poder tocá-la. Enamoro-me de uma flor, falo com ela mesmo sem obter uma resposta. Abraço-me à almofada que se mantém fria e imóvel.

Olho um quadro que retrata um Ser belíssimo e digo baixinho... "amo-te, não sei porquê..." e ouço como resposta, uma voz dentro de mim que me chama à razão. "Não sabes o que dizes, nem o que sentes... não vês que não há razões que te levem a esses sentimentos."  Fico-me pelo silêncio.

O  "imaginário" tem uma beleza, pura e ingénua além de ser muito apelativo: - Os campos, em que na realidade existem e florescem cactos, espinheiros e afins, nos meus sonhos... são verdes prados e jardins floridos.

A flor que está cercada de todas as espécies de "espinhos" na sua ambiência de vida... em sonhos e pensamentos posso tocá-la, sentir a suavidade das suas pétalas, nas pontas dos dedos e até consigo sentir o seu suave aroma...!

A Vida em si é bela, são as contrariedades do "destino", que a tornam difícil de ser aceite tal como é... talvez por isso, eu sinta a necessidade de vez em quando, me "refugiar" no aconchegante acto,  de sonhar...!
Sentimentos impossíveis, sobre o abstracto...!! 
®M.Cabral
(influenciada) 

27.08.20

“” Para quem gosta de beber água fria… “"


Maroussia

Curiosidades com interesse (para mim claro). Com os meus votos de uma Vida Longa e Saudável.
 

images (2).jpg

Beber um copo de água fria ou uma bebida fria após a refeição solidifica o alimento gorduroso acabado de ingerir. Isso retarda a digestão.

Uma vez que essa 'mistura' reage com o ácido digestivo, ela reparte-se e é absorvida mais rapidamente do que o alimento sólido para o trato gastro-intestinal. Isto retarda a digestão, fazendo acumular gordura em nosso organismo e danifica o intestino.
 
Isto faz todo o sentido:
 
Os chineses e  japoneses (faz parte da cultura oriental) bebem líquidos quentes com as refeições, e não água fria.

Talvez tenha chegado o momento de mudar seus hábitos de água fria para água quente, enquanto se come.   Nada a perder, tudo a ganhar ...!
Se não consegue tomar água quente , tente pelo menos morna, ou  se tiver dificuldade, água natural.

Depois do lanche almoço e jantar não se deve comer ou beber nada durante 2 horas.

Pessoalmente não consigo beber água sem ser quente, nem sem "sabor". Junto sempre umas gotas de laranja ou limão, e bebo muito chá. Faço isto desde que me lembro de ter "autonomia". 

Todos os dias ao acordar bebo 1 copo grande de água quente, só passados uns 15 minutos tomo o pequeno almoço e antes de me deitar faço o mesmo, é a última coisa que ingiro. 
 
®M.Cabral 

26.08.20

" Homens temporariamente sós"... uma das minhas musicas 🔝 neste estilo de musica. Rui Reininho - the best voice - de uma geração intemporal... De ontem, de hoje e de amanhã !!


Maroussia

Poderia escrever eNe conteúdo, sobre esta Banda, mas sei que não lhe daria mérito que bastasse.  Continua Rui és "grande",  forever. 
Fica a musica, pode ser que haja mais alguém que goste de a ouvir tanto quanto eu.  
Até porque um blog não tem de  "viver"  só de textos, pode conter imagens e boa música. Pelo menos no meu, faço questão...quiçá porque seja "dependente musical". 

®M.Cabral


25.08.20

Pensando numa "reversão" - Futuro no passado - quiçá, nos daria muito mais do que aquilo que nos tiraria ... !!


Maroussia


Está tudo inserido no vídeo. Apenas me resta escrever, quem me dera, ter menos 15/20 anos, e ter conhecimento deste tipo de vida. (sem fanatismos ou crenças inquisitórias). A esta hora, talvez não estivesse aqui a teclar sobre o tema (solitariamente) mas, quiçá estaria a viver assim. Será que a solução da nossa "sobrevivência", como Seres Humanos, livres na acepção da palavra, não passará por voltar ás origens ?
Conforto resume-se a ter bens materiais ou a viver a Vida, pelo que ela é ? A Sociedade cosmopolita, que se afasta entre si, será melhor do que viver em partilha numa Comunidade sadia, claro que não falo de "seitas", até porque pelo que vi e ouvi, esta pauta-se pelo Ambiente, Vida Saudável e Natureza ?
Depois de pesquisar bem sobre o assunto, muito sinceramente, as interrogações vão diminuindo, à medida que os prós, se vão sobrepondo aos contras.
Muitos pensarão, que poderá ser algo um pouco promíscuo mas, avaliem bem e não se deixem "levar" pelas aparências. Há famílias normais, respeito, educação e o que marca a diferença, é que há inter-ajuda, o que mais falta faz na "nossa" Sociedade.
Além de tudo o mais, é um modo de povoar as aldeias e terrenos ao abandono, neste lindo Portugal. Sem regras políticas, mas sim com a regra mais importante: Conservação do Ambiente e retirar o máximo partido de toda a riqueza que a Mãe Natureza nos oferta todos os dias e que nós nem agradecemos.
Estou solidária com estas pessoas. Que não lhes falte a vontade de ir em frente, e quiçá não seja por acaso, que se encontram perto do trilho que faz o "caminho" de Santiago ... Dá que pensar... sendo que a Vida é feita de ciclos, será que estará um novo ciclo a começar, antes que seja tarde demais ? Fica a pergunta no ar... ?!!
 
®M.Cabral

24.08.20

Se existir o famoso "Paraíso", tem de ser algo muito parecido com isto. Para mim, seria com toda a certeza...!!


Maroussia

 

Uma tarde de sábado, amena, tranquila, de preferência só, estar assim naquela água quente, inquieta, quanto baste, para me aquietar... 

Olhar o além, sem nada fixar, apenas  olhar com serenidade. Se isto não fosse o paraíso, não sei o que poderá ser ! 

A completar, não podia deixar de estar presente, um fundo musical que poderia ser assim... 

O resto é... pura magia a decorrer, afinal sonhar ainda não paga imposto !!

 ®M.Cabral

21.08.20

" A menina que vende balões "... encantando a pequenada, e preenchendo os corações...!!


Maroussia

baloes.jpg

Balões, quem quer lindos balões... 
anuncia a menina num timido apregoar
Que vai preenchendo os corações
ao mesmo tempo que fazem sonhar 

As crianças ao seu redor extasiadas
sorriem com tanto encantamento
Quero este, apontando animadas
para as escolhas, daquele momento

São tantas as cores para escolher
naquele "bailado" que paira no ar
Que é difícil só um balão escolher
quando tanto apetecia, todos levar

Por fim lá se resolvem por uma cor
embora seja uma escolha complicada
E com ele vai também um pouco de amor
por parte da menina, que fica encantada.

Balões, quem quer lindos balões
o pregão vai aos poucos enfraquecendo
Amanhã é outro dia para preencher corações
chegou a hora, de o cansaço... ir vencendo !!

balões, quem quer lindos balões...

®M.Cabral

20.08.20

Um exemplo de "Utopia"...


Maroussia

imagespppp.jpgimagem by net
                              A perfeição é utópica... !!

"" A perfeição não existe, há sempre um pequeno senão, que a torna inalcansável ao comum mortal.  
Assim sendo, o Ser Humano jamais poderá ser "perfeito" mas, pode dentro das suas capacidades e se assim o quiser, tentar o "quase"... pese embora, seja um longo e difícil caminho de aprendizagem. ""

®M.Cabral - texto !!

17.08.20

É mais gratificante, "separar" as mãos para ajudar, do que as "unir" para rezar...!!


Maroussia

 


A Fé, está no acto de bem fazer.
O Amor, é o sentimento que nos une ao próximo.
A solidariedade, é o que faz de nós Humanos, dignos e de Bem.

Estas são as directrizes mais correctas e aceitáveis, de servirmos os "Deuses" que respeitamos através das nossas crenças, sejam elas quais forem...!!

®M.Cabral  

16.08.20

As novas tecnologias no seu global, são o futuro, inclusive para quem com elas, quer fazer... Arte !!


Maroussia


                                 Curiosidades espectaculares em 3D !!

** O artista digital Chad Knight tem uma abordagem única em suas esculturas digitais que fascina as pessoas em todo o mundo através da internet.

Knight revela que o desejo de melhorar constantemente é um importante motivador em seu processo de criação e que ele gosta tanto do processo como do resultado.

Muitas pessoas procuram simbolismo nas obras de Knight e estão certas. “Tudo no meu trabalho representa algo ou alguém. Minha arte é muito parecida com um jornal criptografado que posso compartilhar publicamente”. **

c) M. Cabral

16.08.20

Mais uma noite em que a - insónia - se instala em mim...!!


Maroussia

                                             "" Maldita insónia ! ""

"Escuto este "som" do Silencio que vem do "nada" ou talvez de quem neste momento, dorme, sonha, chora, se entrega, sofre, por um mal físico ou por amores, perdidos vencidos, gastos, mesmo inacabados.

 Atormenta-me esta maldita insónia !

Já nem sequer me "doi" apenas me "rouba" sonhos. Os sonhos da noite, têm uma maior intensidade. Sempre gostei de sonhar a dormir. Sonhar acordada, é "projectar" ansiedades e desejos, a prazo !
Sonhar, é quando o inconsciente domina a nossa mente, com encantos ou desencantos mas... quando dormimos, os sonhos são-nos "ofertados".

Entrego-me ao "embalo" dolente de uma musica de que gosto, enquanto a madrugada avança pela noite dentro e eu... Odeio esta maldita insónia"" !!

®M.Cabral

15.08.20

A Vida ensina-nos "tudo" e ainda, mais alguma coisa, todos os dias...!!


Maroussia

 

 

A Vida, será sempre a  nossa melhor "Mestra", porque todos os dias  nos dá vários ensinamentos muito abrangentes,  pese embora, á "posteriori" quase  tudo se vá resumir, ao nosso comportamento. 

A forma  como lidamos, com tudo o que assimilamos para a nossa vivência, é que nos faz tomar o rumo mais correcto e positivo. Como tal devemos aprender a valorizar o bom e o mau do mesmo modo.  

As coisas boas servem para nos dar momentos felizes e que depois com o passar do tempo, se vão transformando em boas memórias. 

As menos boas, servem para retirarmos ilacções e tentar o equilibrar a nossa aprendizagem, com as atitudes adequadas. 

Por outro lado... as coisas más, sendo algo de que não gostamos, também nos ensinam e muito. São as melhores lições para sabermos tudo aquilo que não queremos repetir, tolerar, aceitar e consentir. 

Se nos regermos por estes três pontos de "referência", por certo tudo se tornará mais fácil e menos problemático. 

Penso eu "de" que... possa estar certa !!
 
®M.Cabral  

14.08.20

Porque Honra, Respeito e Dignidade, são valores cada vez mais em vias de extinção, "deixo" aqui este bom exemplo... Pena é, que se vão perdendo no tempo... !


Maroussia

                                      Narrativa do Dia - "lembranças de menina"

Desde muito cedo, menina ainda, que adoro ler.  Um dos escritores que me causou esse gosto, foi sem dúvida, Júlio Diniz. Quiçá pelo seu "romantismo" e realidade do seu tempo, me levou a que o preferisse, pese embora, com o tempo, fosse alargando o interesse  e aumentando a "fasquia", própria da diversidade e do conhecimento que ía tomando de tantos outros grandes autores portugueses e mais tarde, abrangendo os internacionais. 
 
Hoje casualmente, procurando algo no youtube, deparei-me com este filme, adaptado do romance do mesmo nome. Se mais não bastasse do que voltar atrás no tempo, teria como razão, ver grandes nomes do panorama artístico da altura. Infelizmente e porque a vida tem limite, a maioria já não está entre nós, mas gostei de ver um grande Sr. Actor, que ainda nos encanta com a sua Arte e Sabedoria. Refiro-me a Ruy de Carvalho, alguém que muito respeito e admiro. 
 
Em jeito de homenagem à Honra e Brio, do que era um Homem digno (quisera eu que ainda houvessem muitos assim)...  "partilho" neste meu espaço este vídeo,  que me emocionou ao ponto de humedecer-me  os  olhos.

®M.Cabral 

14.08.20

Pensamentos ao "acaso" mas... não por "acaso" !!


Maroussia

225602-financas-do-casal-como-organizar-as-conta.jimagem by net

Um problema, nem sempre tem solução à vista. Todavia, não existem problemas sem "solução", nem que seja ele mesmo a solucionar-se por si.

Se não se consegue resolver algo problemático, esgotados todos os meios possíveios, acaba resolvido, pela própria impossibilidade.

Resumindo esta complexidade: Contra factos não existem argumentos, logo, temos de nos render às evidências...!!

®M.Cabral - texto !!

14.08.20

Um magnifico texto de Paulo Coelho, que nos faz pensar, quais os valores mais importantes na Vida e quiçá para além da mesma. Um deles, sem dúvida, será sempre a... Amizade !!


Maroussia




"" Um homem, o seu cavalo e o seu cão, seguiam o seu caminho. Ao passar perto de uma grande árvore, caiu um raio e os três morreram fulminados.
O homem porém, não se deu conta de que já tinha abandonado este mundo e prosseguiu com os seus dois animais. (Ás vezes há um certo tempo antes de se tomar consciência dessa nova condição).
O caminho era muito comprido e, pela colina acima, o sol estava muito abrasador. Os caminhantes já andavam muito suados e cheios de sede.
Numa curva do caminho viram um magnífico portal de mármore que conduzia a uma praça pavimentada e com portais de ouro a circundá-la.
O caminhante dirigiu-se ao cavalheiro que guardava a entrada e travou com ele o seguinte diálogo.
Bons dias diz o caminhante - bons dias respondeu o guardião.
Como se chama este lugar tão bonito? - aqui é o Céu.
Que bom termos chegado ao Céu, estamos a morrer de sede.
Pode entrar e beber a água que quiser - disse o guardião, indicando a fonte.
Mas o meu cavalo e o cão também têm sede. - Sinto muito retorquiu o guardião, mas aqui não é permitida a entrada a animais.
O homem levantou-se com grande desgosto, visto que sentia muita sede mas não queria beber sozinho, deixando os seus animais.
Depois de caminhar bastante tempo encosta acima, já exaustos os três, chegaram a outro sitio, cuja entrada estava assinalada por uma porta velha que dava para um caminho de terra, ladeado de árvores.
À sombra de uma árvore estava deitado um homem com a cabeça tapada por um chapéu. Provavelmente dormia.
Bons dias, saudou o caminhante - o homem respondeu com um aceno.
Temos muita sede, o meu cavalo, o meu cão e eu.
Está uma fonte ali mais à frente no meio de umas rochas - disse o homem, apontando na direcção do lugar. Podeis beber toda a água que quiserdes.
O caminhante, o cavalo e o cão, foram até à fonte e mataram a sede. Depois voltaram para trás para agradecer ao homem.
Podeis voltar sempre que quiserdes - respondeu este.
A propósito como se chama este lugar, perguntou o caminhante.
Céu! responde o homem.
O Céu ? mas o guardião do portão de mármore disse-me que ali é que era o Céu.
Ali não é o Céu, é o Inferno contradisse o homem do chapéu.
O caminhante ficou perplexo e disse:
Deviam de proibir que utilizem o vosso nome. Essa informação falsa, deve provocar grandes confusões, advertiu o caminhante.
De modo algum! - respondeu o guardião. - Fazem-nos até um grande favor, porque ficam lá retidos, todos os que são capazes de abandonar os seus melhores amigos.""


Nota pessoal _ Os amigos nunca se abandonam, sejam Humanos ou quaisquer outros Seres Viventes.

®M.Cabral

13.08.20

Ao contrário do que ouço, prefiro guiar os meus pensamentos pela razão, se der para conciliar com o coração será uma mais valia...!!


Maroussia

108161568_3123547547711032_4873383735985811581_n.j
               Pensar com o "coração" e sentir com a "razão" ou o inverso ??

Antes de dizermos o que pensamos, devemos pensar muito bem no que se  vai dizer e optar pelo que "sentimos". 

Sejamos primeiro coração e depois razão, pese embora, tenhamos de ter muito cuidado, ao usar a sensibilidade de um e a permeabilidade de outra...!
Ao tomar esta atitude, com certeza que evitaremos em grande parte, ferir susceptibilidades. 

®M.Cabral - texto !!

12.08.20

Uma narrativa por dia... !!


Maroussia

21660409_NfEe7.jpeg

                                Narrativa do Dia - "Escrever... quem "Sou" !!

Quer acreditem quer não, tenho uma postura de vida onde por vezes me julgo E.T. (É que isto de ser "gente", por vezes torna-se complicado)...!
Borrifo-me perfeitamente na opinião dos outros sobre mim. Claro que tenho em linha de conta, as que me são dadas pelas pessoas que considero.
Tanto me sinto "bem" numa tasca, como num restaurante de um chefe de estrela Michelin.
Não me preocupo com o politicamente correcto, mas sim com os "meus" valores educacionais familiares.
Aceito muito bem as críticas de quem faça melhor... não de quem faça menos ou pior.
Talvez pela minha filosofia de vida, não me preocupo com o que me possa "ditar ou apontar", a sociedade hipócrita em que estou inserida.
Beleza ? não sou linda de espantar, nem feia de meter medo, logo estou muito bem comigo mesma.
Sou simpática, comunicativa, tenho sentido de humor e gosto de ver pessoas felizes... sou amiga fiel e tento estar sempre no sítio certo, se alguém precisar de mim... !!
Esta "personagem", aqui descrita, sou eu (desnuda)... Quer seja de salto alto ou de chinelos, porque o meu melhor cartão de visita é... simplesmente, o meu "conteúdo" !!

®M.Cabral

11.08.20

És do Mundo... e que Mundo é este ?!!


Maroussia

Somos todos do Mundo... tão iguais e tão diferentes,  mas cada vez mais "iguais" pelas circunstancias, porque os "tempos" de hoje estão bastante diferentes ... !!
Gosto muito desta musica, admiro esta voz e acho que o texto está excelente.  Espero que alguém ao ouvi-la, possa  gostar também !!

 ®M.Cabral

10.08.20

Uma narrativa por dia... !!


Maroussia

um-desenho-da-mão-de-uma-mãe-nova-com-seu-filho-desenho by net 
                                Narrativa do Dia -  " Uma Lição de Vida...!! "

Do portal da minha casa, avistei ainda ao longe, duas crianças. Uma delas talvez com os seus quinze anos, a outra de tenra idade.
À medida que se iam aproximando, apercebi-me que a mais crescidinha deu uma palmada na mais pequenina.

Como adoro crianças e achei um pouco imatura aquela palmada, dada talvez impulsivamente, dirigi-me à rapariga e disse-lhe em tom maternal, que não devia de bater assim no irmãozinho, pois que ainda era pequenino.

Educadamente, talvez por reconhecer que a minha intromissão não era de censura maldosa, mas mais de conselho e experiência, respondeu-me sorrindo. Este menino não é meu irmão, é sim meu filho e, pode crer que é aquilo que eu mais adoro na vida.

Um pouco apanhada de surpresa, pedi-lhe desculpa e ainda intrigada atrevi-me a perguntar-lhe quantos anos tinha. Disse-me com um ar de mulherzinha, já tenho dezassete anos, embora pareça ser mais nova.
Encetámos conversa, onde comentei que ela tinha sido mãe muito cedo e, por curiosidade perguntei que idade tinha o namorado.

O seu rosto de criança, feita mulher à pressa, entristeceu um pouco mas respondeu-me com veemência: não tenho namorado, este menino é só e apenas meu.
Perguntei então, antevendo a resposta, se o pai da criança não tinha meios económicos para compartilhar no seu sustento.
Neste entretanto, fiz-lhe um convite para um café que ela aceitou e começámos a conversar, como se fossemos amigas de longa data.
Talvez por carência afectiva ou necessidade de desabafar, relatou-me então a sua história.
Engravidou aos catorze anos de um homem casado que tão covardemente não quis assumir o acto que impunemente tinha feito, antes pelo contrário, tentou aliciá-la para que fizesse um aborto, mas ela criança (mulher), recusou com todas as forças de quem já se sentia mãe. A partir daquele momento nunca mais quis ver aquele monstro em formato de homem.
Recorreu-se dos pais, julgando encontrar neles a força e apoio, para os momentos duros que se anteviam.

Mas, nem aí a sorte lhe foi favorável, pois ao contrário do que ela pensava, aqueles pais tinham um cérebro onde imperava a estupidez e o desamor, e o desenlace deu-se, com a sua expulsão de casa.

Encontrou refúgio em casa de uma senhora idosa, sua amiga que, para além de a acolher ainda lhe arranjou emprego, pelo que dá graças a Deus por aquela amizade que, todavia se completa pela necessidade que têm uma da outra.

Nasceu o menino e foi uma felicidade para ambas e aquela criança tem o amor de duas pessoas maravilhosas, o da mãe e o da "vovó", que é assim que o menino chama a "velha" senhora.

Comovida, pois também sou mãe, disse-lhe que lamentava que uma pessoa  doce e tão jovem,  fosse assim precocemente infeliz.
De imediato me respondeu que, de infeliz não tinha nada, antes pelo contrário, pois tinha saúde, juventude, um tecto para morar, emprego e a maior razão de viver que era aquele filho que tanto amava. Tinha portanto a maior felicidade do Mundo.

Coloquei-me ao seu dispor, para sempre que precisasse de algo ou simplesmente de um ombro amigo e, seguimos os nossos caminhos.

Ao regressar a casa, pensava comigo mesma. Como há gente tão mesquinha, que se julga infeliz só porque não pode comprar um vestido novo ou o carro do ano.

Pobres patetas, os que não vêm que a verdadeira felicidade está, em nos contentarmos com as pequenas mas importantes, coisas da vida, tais como, um emprego, saúde, um tecto para morar, a amizade de alguém e sem dúvida o mais importante, um filho.

Ninharias... pensarão os que não compreendem o sentido desta lição de vida, que nos é dada por uma criança, feita mulher !!

autoria de__ M.Cabral_pt®

Pág. 1/2