Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



O amor jamais será impossível... poderá é nunca ser "vivenciado" !!

Terça-feira, 08.09.20

images (2).jpg
                                         A flor e o colibri

As flores já estão nos campos, a primavera chegou.
Uma mais bela que a outra, formam jardim multi-cor.
Elas estão embelezando, de baixo até o alto da serra.
Um paraíso escondido, em algum canto da terra.

Este lugar é conhecido, do colibri vagabundo.
Sempre voando baixinho, por todos lugares do mundo.
Entre as flores existe uma, que por encanto surgiu.
Sempre lhe sopra a brisa, lá na beirada do rio.

Linda e muito diferente, é esta pequena flor.
Suas pétalas tão macias, sempre exalando amor.
O colibri assanhado, voando por ela passou.
Ficando hipnotizado, deu meia volta e voltou.

O que pode querer, o colibri vagabundo.
Pois esta pequena flor, é a mais linda do mundo
Batendo suas asinhas, perto dela ele chegou.
Ela muito envergonhada, suas pétalas fechou.

Triste partiu o colibri, para outras flores beijar.
Com ela no coração, esperou outro dia chegar.
Quando se viu sozinha, a flor se pôs a pensar.
Que sentimento é este,que ele esta em mim despertar ?

Para o pequeno colibri, a noite demorou a passar.
Mas vindo a raiar o sol, a natureza veio se alegrar.
Voando veio o colibri,em busca daquela flor.
Mal sabia que em seu coração, estava nascendo o amor.

Durante aquela noite, a flor ficou a pensar.
O que mais agora desejo, é que ele venha me beijar.
Chegando pertinho dela,em um galho ele sentou.
E ficou a admira-la, e ela dele gostou.

E com suas pétalas abertas, ficou ela a esperar.
Que ele com seu biquinho comprido, depressa a fosse beijar.
Ele todo envergonhado, pertinho dela chegou.
E com sua língua fininha, de dentro dela o néctar sugou.

Assim durou o amor, durante aquela primavera.
Toda vez que ele vinha, ela estava a sua espera.
Mal sabiam os dois, que este amor é passageiro.
Para acabar com o amor, o tempo passa ligeiro.

Acabou-se a primavera, então chegou o verão.
Queimando as pétalas da flor e as jogando no chão.
Nesta pequena história, eu me coloco a pensar.
Se realmente nesta vida, valerá a pena amar.

(c) L.Carlos.Br.

Nota pessoal:  Este belissimo texto foi-me enviado por um amigo que muito estimo... Tinha de o expor no blog. 
®M.Cabral  - Este post foi reposto,  devido a um problema no pc, que desorganizou o  blog.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Maroussia às 19:39

A Mulher, na opinião de um "grande" Homem. Nem todos têm esta capacidade de análise, preferindo na sua maioria, uma mulher esbelta seja a que custo for, sendo efémero. O tempo, irá encarregar-se de colocar tudo ao mesmo nível, fica a essência.

Terça-feira, 08.09.20

04474d05cbbe0fa8c4c2d6c022432845.jpg
A beleza é o total de vários componentes... mas acima de tudo,  está nos olhos de quem a quer ver...  "aprofundadamente !!

Nota de entrada:

Quando li estas palavras de alguém que muito admiro, pensei duas vezes se as transcrevia aqui no meu blog ou não. Mas quando pensei, no sofrimento de milhares de mulheres, que se sentem mal amadas,  por terem umas  gordurinhas a mais, que muitas vezes se afastam dos homens que amam, ou os perdem para outras, porque se sentem inferiores e que, perante as circunstancias,  se vão anulando e desleixando, não tive a menor dúvida que era imperativo que isto fosse lido por todas as Mulheres.

A razão para tal, é porque penso que,  aqui está uma grande dose de valorização, dada por um homem que, (sem querer ou não) é com certeza, o porta-voz da maioria dos homens das nossas vidas.

®M.Cabral


Citação: - de um belíssimo texto do famoso escritor Paulo Coelho. Br.


Não importa o quanto pesa. É fascinante tocar, abraçar e acariciar o corpo de uma mulher. Saber seu peso não nos proporciona nenhuma emoção.

Não temos a menor ideia de qual seja seu manequim (número que veste) . Nossa avaliação é visual, isso quer dizer que se tem forma de guitarra... está bem. Não nos importa quanto medem em centímetros, é uma questão de proporções, não de medidas.
As proporções ideais do corpo de uma mulher são: curvilíneas, cheiinhas, femininas... Essa classe de corpo que, sem dúvida, se nota numa fracção de segundo.
As "magrinhas" que desfilam nas passarelas, seguem a tendência desenhada por estilistas (duvidosos) que odeiam as mulheres e com elas competem. Suas modas são retas e sem formas e agridem o corpo que eles odeiam porque não podem tê-los.
Não há beleza mais irresistível na mulher do que a feminilidade e a doçura. 
A elegância e o bom trato, são equivalentes a mil “viagras”.
A maquilhagem foi inventada para que as mulheres a usem. Usem-na!  Para andar de cara lavada, basta a nossa. Os cabelos, quanto mais tratados, melhor.
As saias foram inventadas para mostrar suas magníficas pernas.. Porque razões as cobrem com calças longas? Para que as confundam connosco? Uma onda é uma onda, as cadeiras são cadeiras e pronto.
Se a natureza lhes deu estas formas curvilíneas, foi por alguma razão e eu reitero: nós gostamos assim. Ocultar essas formas, é como ter o melhor sofá embalado no sótão.
É essa a lei da natureza...  e todo aquele que se casa com uma modelo magra,  anoréxica, bulémica e nervosa logo procura uma amante cheiinha, simpática, tranquila e cheia de saúde.

Entendam de uma vez!


Tratem de agradar a nós e não a vocês. Porque, nunca terão uma referência objectiva, do quanto são lindas, dita por uma mulher. Nenhuma mulher vai reconhecer jamais, diante de um homem, com sinceridade, que outra mulher é linda.
As jovens são lindas... mas as de 40 para cima, são verdadeiros pratos fortes. Por tantas delas somos capazes de atravessar o atlântico a nado.
O corpo muda... cresce. Não podem pensar, sem ficarem psicóticas que podem entrar no mesmo vestido que usavam aos 18.  Entretanto uma mulher de 45, na qual entre na roupa que usou aos 18 anos, ou tem problemas de desenvolvimento ou está se auto-destruindo.
Nós gostamos das mulheres que sabem conduzir sua vida com equilíbrio e sabem controlar sua natural tendência a culpas.
Ou seja, aquela que quando tem que comer, come com vontade (a dieta virá em Setembro, não antes); quando tem que fazer dieta, faz dieta com vontade (não se sabotei-a e não sofre); quando tem que ter intimidade com o parceiro, tem com vontade; quando tem que comprar algo que goste, compra; quando tem que economizar, economiza.
Algumas linhas no rosto, algumas cicatrizes no ventre, algumas marcas de estrias  não lhes tira a beleza. São feridas de guerra, testemunhas de que fizeram algo em suas vidas, não tiveram anos 'em formol' nem em spas... a viverem!
O corpo da mulher é a prova de que Deus existe. É o sagrado recinto da gestação de todos os homens, onde foram alimentados, mimados e nós, sem querer, as enchemos de estrias, de cesarianas e demais coisas que tiveram que acontecer para estarmos vivos. "

Cuidem-no! Cuidem-se! Amem-se! 

by Paulo Coelho 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Maroussia às 18:09





mais sobre mim

foto do autor


pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Setembro 2020

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930



O Tempo não pára... !!