Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Sem qualquer razão motivadora de momento, a menos que, fosse levada pela nostalgia que esta "ambiência" nos traz a todos... senti saudades de mim !!

Sábado, 12.09.20

m000165093.jpgimagem net

Tenho saudades de mim !


Saudades... de quando era criança
De viver a vida cheia de Esperança.

Saudades... dos amigos da escola
Da minha estimada e velhinha "sacola".

Saudades... de correr pelos jardins
Dos dias que pareciam não ter fim.

Saudades... de andar descalça na rua
Das noites em que se descobria a Lua.

Saudades... do cheiro a pão quente
De ter algo que sendo pouco me acalente.

Saudades... do cheiro da Terra molhada
De molhar os pés, nas poças da estrada.

Saudades... de viver livre de pressões
Do pouco que havia, encontrar emoções.

Saudades... de me sentir a crescer
Do tempo em que me senti Mulher.

Saudades... daquele primeiro amor
Do primeiro beijo dado com ardor.

Saudades... de sentir dentro de mim um Ser
De ver o meu ventre a crescer.

Saudades... das dores do parir
Da felicidade de chorar e rir.

Saudades... de ver as filhas crescer
De ver o tempo por elas, correr.

Saudades... da emoção de passar a avó
De acreditar que jamais estaria só.

Saudades... do tempo que não volta
Por isso, hoje deixo a minha alma "solta".

Saudades... de tudo e de nada
De uma vida que está... inacabada.

Saudades... Tenho saudades de mim
Do que me rodeia e que um dia terá fim...!!


®M.Cabral

12-09-2020

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Maroussia às 16:25

Ficção, verdade ou fantasia... o texto está impregnado de "sensibilidade", nas palavras que querem deixar transparecer "sentimentos"...!!

Sábado, 12.09.20

b25b8d.jpgimagem by net
"" Amor... verdade ou fantasia !

Beijaria os seus lábios
Do anoitecer ao sol raiar,
Se correspondido fosse
Nunca iria acabar.

Mas sabemos que nesta vida
O destino é cruel,
Separação é algo amargo
Como o sabor do fel.

As vezes não esperamos
O que vamos encontrar,
Quando tudo é por acaso
Por acaso vai se acabar.

Muitas vezes violento e forte
É o nascimento de um amor,
Mas se ele não é vivido
O que sobra é muita dor.

Trás sua boca para minha
Trás seu corpo para o meu,
Faz de conta que é verdade
Um amor que nunca se perdeu.

Dentro do meu pensamento
Talvez chegasse a existir,
Foi só minha a fantasia
De chegar e de... partir !

Texto by L.Carlos.Br  ""

Obrigada amigo pelo "ofertado" contributo !
®M.Cabral

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Maroussia às 01:51





mais sobre mim

foto do autor


pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Setembro 2020

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930



O Tempo não pára... !!