Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

MAROUSSIA

Um pouco de mim... Sobre o que sinto, ouço, escrevo e gosto !!

MAROUSSIA

Um pouco de mim... Sobre o que sinto, ouço, escrevo e gosto !!

20.08.21

Quando uma imagem, vale mais do que 1000 palavras...!!!

Tentando agarrar o que existe de positivo no Ser Humano...


Maroussia


Nem sempre necessitamos de entender o idioma, a ver também se aprende, neste caso quiçá, a salvar uma vida,  basta estarmos atentos ao que vale a pena visualizar.

Tinha de partilhar e se chegar a uma pessoa que não tenha assistido a este vídeo, já faz a diferença e, para mim, dever cumprido !!
®M. Cabral 

20.08.21

Serão todos estes "vírus" que ameaçam a Humanidade, um monstro terrível a enfrentar ou algo está a falhar ? Serei só eu a pensar assim ... antes fosse !

e... com tudo isto, já temo pela minha sanidade mental !


Maroussia

La vacuna contra el COVID-19: una lucha contra reloj para detener la  pandemia

Ando mesmo mal, a sentir-me muito acabrunhada
neste corre e não corre, que parece uma "charada".

Os vírus proliferam vorazmente por todo o Mundo
e as soluções encontram-se num "buraco" sem fundo.

As novas variantes, "aparecem," quase todos os dias
e assim as Esperanças, vão ficando mais "vazias".

Vazias de "imunidades", de curas ou quaisquer soluções
são pesquisas e mais pesquisas entre variadas opiniões

Neste Universo de estudos, onde a palavra "exacta"  define a Ciência
já ponho em causa essa "exactidão, apesar de tanta... resiliência.

Os laboratórios não param, mantêm todos os recordes do "momento"
em meses, estão prontas vacinas que antes, demoravam "tanto" tempo.

Hoje é a vacina tal, amanhã, depois, muitas mais por certo vão surgir
mas o mal continua, porque a "cura", não se vislumbra descobrir.

E nós, nas filas para as vacinas, amedrontados com as viroses,
somos cobaias, sem certezas sequer, nas quantidades das doses.

O problema é que apesar da vacinação, ninguém ficará imune,
é como um fogo mal apagado, pode tornar tudo a "lume".

Quanto mais se quer avançar,  entre este faz e desfaz
damos dois passos para a frente e de repente três para trás.

Mas anda tudo "focalizado", ou sou eu que estou quase louca
porque  doenças bem mais graves, são no momento, "coisa" pouca.

Essas "outras" não se contabilizam, e acredito que são uns milhares
será que alguém me explica, por onde se desviam os "olhares" ??

E neste corre e não corre, que parece uma "charada"
Ando mesmo mal, a sentir-me muito acabrunhada...!!
®M. Cabral 

ano

Relógio