Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

MAROUSSIA

Um pouco de mim... Sobre o que sinto, ouço, escrevo e gosto !!

MAROUSSIA

Um pouco de mim... Sobre o que sinto, ouço, escrevo e gosto !!

25.10.21

Um dia igual a tantos outros, apenas quiçá... um pouco mais "pesadote"...

o Mundo pula e avança...


Maroussia

dc1e78e32bd8c5a25b605da0a724a145.jpg

Todos os anos neste dia, eu renovo os meus votos de Gratidão, por mais um ano de Vida e por tudo o que ela me tem ofertado, ao longo da mesma.

Mais um ano vencido com batalhas, persistência, momentos bons e maus, mas que me marcam pelas vivências, resiliência, amor, amizade e tudo o que veio sempre por créscimo.

Não posso contudo, deixar de me sentir abençoada, porque no meio de tanta "confusão" e percalços, este ano fui  mais uma vez avó, e desta  finalmente, de um neto varão.

Foi uma luta difícil, de muito sofrimento pessoal e em família, de expectativas, de esperança, de Fé em Deus, mas fui recompensada com um final feliz... O meu Príncipe Guerreiro venceu e está no bom caminho.

Olhando para trás pelo tempo vivido, e eventualmente o que possa viver, sinto que entrei numa contagem decrescente. Não posso negar que assusta um pouco pensar nisso, mas contra factos não existem argumentos, e constato apenas, a única certeza que todo o Ser Humano tem.

Por isso a Gratidão diária à Vida, é uma constante em mim. Sempre fui muito "Carpe Diem". Não sou pessoa de fazer projectos ou planos, a médio prazo sequer, nem pensar muito no que está para vir. Vivo o dia a dia, hora a hora, minuto a minuto. O Futuro para mim, é o segundo que virá, a seguir ao que vivo no imediato.

"Só sei que nada sei" assim escreveu Sócrates. Eu cito-o, porque " só sei " que tenho um "passado", a partir daí, sei que de nada mais posso ter certezas, e fico-me pela expectativa...!!

E com este resumido texto, deixo "gravado" neste meu "diário" digital, que tenho mais um ano vivido, e menos um ano, para viver. Digamos que é um pouco como a Lei da "Compensação"...!!

M.Cabral_pt­®  

23.10.21

Há escolhas que embora possam doer, têm de ser feitas no tempo certo, antes que a dor aumente, há que decidir quando é o "fim" ...

e quando surge o momento, não devemos adiar...


Maroussia

mulher cigarro00.jpg
Tudo tem um fim. Este é o "nosso". Na minha mente ecoam as palavras que foram trocadas entre nós, curiosamente num tom ultimamente pouco usual.

O chapéu sobre os olhos, oculta o brilho cristalino das lágrimas que teimam em cair.

O cigarro, nos lábios trémulos e descaídos que mal o segura, tem na ponta a luz ínfima que indica que está a ser "fumado".

Os cabelos esvoaçam em desalinho, neste dia cinzento, onde o vento sopra como se me empurrasse e assim, sigo em frente, embora a tentação de olhar para trás seja imensa, não vou ceder.

Sei que estás parado a ver-me caminhar, expectante de uma decisão que mudasse algo mas, não posso voltar a um passado recente onde a desilusão me consumia dia após dia... promessas que não passaram de promessas.

Não devemos tentar mudar o outro, a aceitação pressupõe, entendimento e cumplicidade, era o caminho a seguir. Tinha de aceitar-te sim, mas sem me desvincular de mim mesma.

Quebraste-me vezes demais, mas hoje decidi que quero "colar-me", não posso continuar frágil, e por assim ser, não vou olhar para trás. O meu caminho está à minha frente e nele seguirei agora mais fortalecida...

                                                                                                                                                                           sem olhar para trás !!

M.Cabral_pt­® 

19.10.21

Um grande Sr. numa representação menos "ostensiva" ao que nos habituou, mas numa singularidade magnífica, no contexto das palavras... !!

um filme para muitas pessoas, pobre de enredo, mas rico no sentido da vida.


Maroussia

""O “Perfume de uma mulher”, como diz o original “Scent of a Woman”, mais do que uma fragrância,  contextualiza o que torna uma pessoa "unica" , para quem a souber ver e sentir. Perfume de Mulher, uma lição de vida, sem dúvida um dos melhores trabalhos de Al Pacino como actor, onde ele deixa uma mensagem muito assertiva.  - mas  em alguns minutos se vive a Vida - ... !! 

O tempo passou  mas a mensagem ficou.   Afinal a Vida pode ser...  o tempo de um "Tango"  !!

 ®M. Cabral 

Ano

Relógio

Pág. 1/3