Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

MAROUSSIA

Um pouco de mim... Sobre o que sinto, ouço, escrevo e gosto !!

MAROUSSIA

Um pouco de mim... Sobre o que sinto, ouço, escrevo e gosto !!

25.03.10

NAS ESCARPAS DO CABO


Maroussia

Nas escarpas do Cabo

Se a felicidade não é utópica sentia-a a teu lado. Mulher-menina, abraçada fortemente pelos teus braços que me recolhia aconchegadamente.

Nas escarpas do Cabo...
O mar era a única testemunha do nosso amor, esse amor que apesar dos pesares, ainda bate de igual modo nos nossos corações. Sabes, há amores que nunca acabam, mesmo depois de terem acabado ou nós termos pensado que tudo terminou, fica sempre uma pontinha que nos prende na armadilha deliciosa da saudade.

Nas escarpas do Cabo...
as nossas longas conversas sempre intervaladas com meigos beijos, levavam-nos ao mundo do impossível, onde ninguém chega mas, nós alcançámos esse Mundo. Cúmplices de um mesmo sentir, nós sabíamos que seria sempre só nosso.

Nas escarpas do Cabo
sem planos, sem projectos, somente o amor nos dava a razão para que tudo acontecesse. O céu era mais anil, o mar cor de esmeralda, espelhava a cor dos nossos olhos, quando o contemplávamos, alheados de tudo e de todos.

Nas escarpas do Cabo
passeio hoje só, fisicamente mas, as recordações estão comigo, tu estás comigo e sempre estarás. Aquele local sagrado é onde me dirijo, sempre que quero derramar uma lágrima de doce saudade pelos momentos de felicidade real e, reviver esses momentos, é voltar a ser feliz de novo, porque a felicidade está nestes pequenos fragmentos de vida, que se encontram guardados nas nossas recordações.

autoria de__ M.Cabral_pt®

:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.