Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


* - A TRISTE GERAÇÃO QUE SE STRESSA E SE FRUSTRA POR TUDO. - *

Segunda-feira, 26.10.20

122120304_120486093162125_9028789364568808859_n.jp

Deambulando pelas páginas da internet, encontro textos que me "prendem" a atenção, perante quão interessantes possam ser, para me fazer pensar. 
Aprecio quem sabe escrever bem e sobretudo quem sabe "focar" o que escreve, na realidade e faz de algumas palavras, "retratos" reais do que é a vida na sua vivência. 
Este tema é tão actual e convincente na veracidade, que mais uma vez eu tinha de partilhar. 
Compactuo com o que está escrito e se assim não fosse, tinha de admitir que contra factos, com esta leitura e perspectiva do que acontece, não há argumentos plausíveis para se "contestar"..
@M.Cabral -                            
                                                             - Transcrição -

"Andam de carro, uber, táxi… Não lavam suas cuecas, nem suas calcinhas... Não buscam conhecimento... Nem espiritualidade.

Não se encantam com decorações natalinas, nem com um ipê florido... no meio da avenida.

Reivindicam direitos de expressão e não oferecem nada em troca... Nenhuma atitude... Consideram-se vítima dos pais... Julgam... Juízes duros, Impiedosos. Condenam !

Choram pelo cachorro maltratado e desejam que o homem seja esquartejado. Compaixão duvidosa... Amorosidade mínima.

“Preciso disso... Tem que ser aquilo!”... E haja insatisfação... Infelicidade... Descontentamento... Adoecimento... Depressão... Suicídio…!!

Geração estragada... Inconformada... Presa em suas desculpas... Acomodada nas suas gaiolas de ouro.

Postam sorrisos, praias paradisíacas, mas não se banham no mar curador... Limpam o lixo na praia com os amigos e não arrumam a própria cama.

Em casa, estampam tristeza, sofrimento, dor…  A dor de ter que crescer, sem fazer por onde… merecer.”

by - Augusto Cury
imagem by net

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Maroussia às 23:16

SalazarGalhães - O famoso "Magalhães" escolar, em versão arcaica ...!!

Quarta-feira, 02.09.20

quadro de giz00.jpg

E porque a vida não é só feita de tristezas e de vez em quando faz bem um pouco de humor, não quis deixar de partilhar com quem por aqui passa, algo que encontrei e me trouxe boas memórias... afinal apesar de tudo, nem sempre ser como deveria, é muito bom ser criança, e melhor ainda é conseguir mantê-la dentro de nós...!!

Eu tive um que cuidava com muito bem. Muitas são as vezes que recordo com saudades, os meus tempos de escola.

Por certo que muitos de vós, tiveram um também. E lembram-se como funcionava ás mil maravilhas, por vezes, até com o "ecran" rachado. Vinha com prova dos nove "incluída" e tudo !!

Era o nosso "Magalhães" da altura, onde aprendemos muito e talvez melhor, apesar do "software" ser arcaico. Neste pelo menos os "erros" eram notados e emendados de imediato.

Eu ainda recordo bem, como se "formatavam" todos os dados e vocês ?? 

®M.Cabral

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Maroussia às 10:36

É tempo, agora mais do que nunca (não podemos protelar mais) de parar para pensar e de preferência muito bem, e agir ainda melhor, e com muita urgência, antes que seja tarde demais...!!

Terça-feira, 01.09.20

Ao fazer  o balanço deste ano, desde Fevereiro para cá, prometi a mim mesma, que não cometeria os mesmos erros, passaria a ter uma postura diferente, ver a vida com outros olhos enfim... nada que não tenha  feito antes, em variadas situações de extrema responsabilidade. 

Se vou ser capaz ou não, é o que me preocupa, não porque seja uma pessoa irresponsável, antes pelo contrário, mas porque sou Humana, logo, propensa ao erro, mesmo de forma inconsciente. 
Porque nos esquecemos ou a vida nos coloca em outros "caminhos", muitas vezes saímos dos trilhos por nós traçados.

Mas o Ser Humano é assim mesmo, com qualidades e defeitos, vai caindo e erguendo-se como pode e com as oportunidades que lhe vão sendo proporcionadas, boas ou más tudo serve de aprendizagem.

Assim, a Vida vai continuando, pese embora, nem sempre de um modo assertivo, como seria o mais desejável, para o "nosso" bem. 

Porque nada acontece por acaso, achei por bem, chamar a atenção para o vídeo exposto acima. Quiçá, não esteja no texto da musica, a resposta para tantas interrogações... ?

Respeitar a Terra, deve ser sempre uma prioridade nas nossas Vidas, porque TUDO depende dela. 

®M.Cabral 

 1 de Setembro de 2020

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Maroussia às 09:43

Uma narrativa por dia... !!

Segunda-feira, 10.08.20

um-desenho-da-mão-de-uma-mãe-nova-com-seu-filho-desenho by net 
                                Narrativa do Dia -  " Uma Lição de Vida...!! "

Do portal da minha casa, avistei ainda ao longe, duas crianças. Uma delas talvez com os seus quinze anos, a outra de tenra idade.
À medida que se iam aproximando, apercebi-me que a mais crescidinha deu uma palmada na mais pequenina.

Como adoro crianças e achei um pouco imatura aquela palmada, dada talvez impulsivamente, dirigi-me à rapariga e disse-lhe em tom maternal, que não devia de bater assim no irmãozinho, pois que ainda era pequenino.

Educadamente, talvez por reconhecer que a minha intromissão não era de censura maldosa, mas mais de conselho e experiência, respondeu-me sorrindo. Este menino não é meu irmão, é sim meu filho e, pode crer que é aquilo que eu mais adoro na vida.

Um pouco apanhada de surpresa, pedi-lhe desculpa e ainda intrigada atrevi-me a perguntar-lhe quantos anos tinha. Disse-me com um ar de mulherzinha, já tenho dezassete anos, embora pareça ser mais nova.
Encetámos conversa, onde comentei que ela tinha sido mãe muito cedo e, por curiosidade perguntei que idade tinha o namorado.

O seu rosto de criança, feita mulher à pressa, entristeceu um pouco mas respondeu-me com veemência: não tenho namorado, este menino é só e apenas meu.
Perguntei então, antevendo a resposta, se o pai da criança não tinha meios económicos para compartilhar no seu sustento.
Neste entretanto, fiz-lhe um convite para um café que ela aceitou e começámos a conversar, como se fossemos amigas de longa data.
Talvez por carência afectiva ou necessidade de desabafar, relatou-me então a sua história.
Engravidou aos catorze anos de um homem casado que tão covardemente não quis assumir o acto que impunemente tinha feito, antes pelo contrário, tentou aliciá-la para que fizesse um aborto, mas ela criança (mulher), recusou com todas as forças de quem já se sentia mãe. A partir daquele momento nunca mais quis ver aquele monstro em formato de homem.
Recorreu-se dos pais, julgando encontrar neles a força e apoio, para os momentos duros que se anteviam.

Mas, nem aí a sorte lhe foi favorável, pois ao contrário do que ela pensava, aqueles pais tinham um cérebro onde imperava a estupidez e o desamor, e o desenlace deu-se, com a sua expulsão de casa.

Encontrou refúgio em casa de uma senhora idosa, sua amiga que, para além de a acolher ainda lhe arranjou emprego, pelo que dá graças a Deus por aquela amizade que, todavia se completa pela necessidade que têm uma da outra.

Nasceu o menino e foi uma felicidade para ambas e aquela criança tem o amor de duas pessoas maravilhosas, o da mãe e o da "vovó", que é assim que o menino chama a "velha" senhora.

Comovida, pois também sou mãe, disse-lhe que lamentava que uma pessoa  doce e tão jovem,  fosse assim precocemente infeliz.
De imediato me respondeu que, de infeliz não tinha nada, antes pelo contrário, pois tinha saúde, juventude, um tecto para morar, emprego e a maior razão de viver que era aquele filho que tanto amava. Tinha portanto a maior felicidade do Mundo.

Coloquei-me ao seu dispor, para sempre que precisasse de algo ou simplesmente de um ombro amigo e, seguimos os nossos caminhos.

Ao regressar a casa, pensava comigo mesma. Como há gente tão mesquinha, que se julga infeliz só porque não pode comprar um vestido novo ou o carro do ano.

Pobres patetas, os que não vêm que a verdadeira felicidade está, em nos contentarmos com as pequenas mas importantes, coisas da vida, tais como, um emprego, saúde, um tecto para morar, a amizade de alguém e sem dúvida o mais importante, um filho.

Ninharias... pensarão os que não compreendem o sentido desta lição de vida, que nos é dada por uma criança, feita mulher !!

autoria de__ M.Cabral_pt®

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Maroussia às 00:25

Ultima "folha" do que deveria ser um Diário mas, por falta de conteúdo e assiduidade, simplesmente... falhou !!

Quarta-feira, 29.07.20

21631526_1VRZs mulher curvada sentada.jpeg

                              Texto de um Diário (falhado)

Hoje não "vivi"... sobrevivi !!

Hoje limitei-me a sobreviver a mais um dia que passou. Por norma somos nós a passar pelos dias e a fazê-los acontecer à nossa maneira, à vivência de se estar na vida.
No entanto, ultimamente, comigo tal não acontece, são os dias que passam por mim, sem sequer se dignarem olhar-me nos olhos. Não consigo sentir "nada". Fome, frio, amor, nem sequer dor ! Tentei a saudade, de tudo o que não sinto mas, até isso foi em vão.
Concluí então, que podemos sentirmo-nos "sem vida", mesmo não tendo entrado na morte. A sensação que tinha era... como se o Mundo fosse um espaço minúsculo onde apenas eu habitava. A minha mente estava "fechada".
A dada altura desesperei, por momentos apoderou-se de mim a ideia de que o cérebro não estava a captar os sinais vitais. Senti medo, coisa que não é comum em mim. Medo deste abandono de identidade. Afinal era eu que me estava a recusar!

Razões? Imensas, mas serão as minhas, ninguém as entenderia. Na verdade, se existe a idade da razão, penso que cheguei à mesma.
Quem sou? O que quero? O que tenho? Será que a pergunta base mais consentânea, seja antes... o que mereço?
Perguntas sem respostas e eu só queria razoabilidade, para seguir em frente e não continuar a ter dias iguais a este, dias..."sem viver" !!
Obrigada por me "escutares". Não tentes entender-me meu "amigo", porque nem eu me entendo, só sei que dói...!!

Amanhã é outro dia e eu voltarei aqui ou quiçá não mais, neste contexto de... "Diário" !!!

(Novembro de 2019)
®M.Cabral

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Maroussia às 11:43








mais sobre mim

foto do autor


pesquisar

Pesquisar no Blog  

O Tempo não pára... !!


calendário

Fevereiro 2021

D S T Q Q S S
123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28




Internet Radio