Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

MAROUSSIA

Um pouco de mim... Sobre o que sinto, ouço, escrevo e gosto !!

MAROUSSIA

Um pouco de mim... Sobre o que sinto, ouço, escrevo e gosto !!

03.06.20

Coisas de Mulheres...!!


Maroussia

21626016_Q1jZF.jpegimagem by net

 Texto de um Diário (falhado) 

** Há muito tempo que ando a necessitar de elevar um pouco a minha auto estima e hoje decidi fazê-lo (coisas de mulheres). Sair da rotina da casa, das lides domésticas, largar o avental, deixar de ser “tudo”, para ser simplesmente eu.

Depois de um excelente banho relaxante, escolhi uma roupa diferente, dei um toque no cabelo, maquilhei-me e depois de enfrentar o espelho, ganhei coragem e saí para rua.

Andei algum tempo, como se quisesse saborear cada minuto que estava a passear, de vez em quando parava para ver uma ou outra montra e ainda comprei um "mimo" para mim. Foi um daqueles dias que me apetecia ver coisas e pessoas bonitas.

Sentir que ainda olham para mim como mulher, e não apenas como “robot doméstico. Não tem nada a ver com vaidade, nem tão pouco com a necessidade de exibição, tem sim a ver com a tal auto estima, que tanta falta faz ao ser humano e a mim de sobremaneira, para se poder sentir bem consigo mesmo e com os outros.

Não sei se não me vais achar frívola, pelo que te estou a "dizer", mas penso que a nossa Amizade é suficiente para que me possas entender e, no fundo até sabes as minhas razões.

Quando regressei a casa, encontrei tudo na mesma, é verdade, mas naquele entretanto senti-me muitíssimo bem e desfrutei de algo que quero repetir mais vezes. Afinal não sou nenhuma “toupeira” e ainda estou “viva” !!

Até amanha meu "amigo"... quiçá !! **

Novembro de 2019

©M.Cabral
 

30.01.20

Ciúme... sentimento de posse, perda ou insegurança ?!


Maroussia

 

88dd01f8ceacd89c3cd35bd5144da159.jpgimagem by internet

“ SENTIMENTO QUE DÓI ”


Ciúmes… não penses que os sinto
se por mim, passas com outra a teu lado,
mas sei que ao falar assim eu minto,
porque os sente o meu coração magoado.

Tento ser forte e pensar que não é nada
mas como me dói na alma tal situação
mulher alguma gosta de se sentir trocada
quando resta ainda amor no seu coração

Mesmo sem querer, os ciúmes afloram
tento enganar meu coração já magoado,
mas se os vejo juntos meus olhos choram
sem acreditar que tanto amor tenha acabado.

Quem sempre se ria dessa palavra ciúme,
fazendo apostas na certeza desse amor,
jurava e punha as minhas mãos no lume
sofro agora desse ciúme, com muita dor.

Engraçado como vemos tudo diferente
quando sentimos essa situação na pele,
não conseguimos pensar correctamente
nem sabemos representar bem esse papel.

Os conselhos que aos outros sabemos dar
agora que somos nós, nem os seguimos,
porque por mais que nos tentem confortar,
as palavras dos outros, nem as ouvimos.

Agora que aprendi também o significado
desse ciúme em que eu não acreditava,
foi preciso sentir o coração abandonado,
para sofrer, com o que tanto desdenhava.


Nota de autora: Poesia de ficção !

®M.Cabral