Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

MAROUSSIA

Um pouco de mim... Sobre o que sinto, ouço, escrevo e gosto !!

MAROUSSIA

Um pouco de mim... Sobre o que sinto, ouço, escrevo e gosto !!

13.06.24

Simples "Narrativas" pequenos contos quase todos reais... menos os "sonhados" !!


Maroussia

o meu anjo.jpgimagem by net
"Narrativa do Dia" - Um sonho que nunca esqueci... ! 

Aos doces acordes de belas melodias, voei "deliciada" nas asas de um Anjo, até ao Céu.
Olhei para baixo e perguntei-lhe quase em sussuro... porque não posso eternamente aqui ficar ? 

Ele celestialmente sorrindo me respondeu... porque se está a  aproximar a  hora de "acordares".
Perguntei então porque tinha de acordar se eu me sentia tão bem naquele lugar calmo e repleto da serenidade,  tudo aquilo que eu tanto buscara em toda a minha vida.
Ele de novo sorrindo me respondeu com toda a "complacência"... chamando-me à realidade.
O teu trabalho lá em baixo ainda não está terminado. Tens muitas pessoas que necessitam de ti.
Mas eu teimava, já ninguém precisa de mim, os filhos estão criados, seguem seu rumo pelos seus próprios pés, aliás estão entregues aos seus destinos e, eu jamais poderei modificar esses mesmos destinos.
E de novo pedi, deixa-me ficar. Aqui não há dor, não há sofrimento, apenas existe a Paz que eu preciso de sentir.
Mas as minhas súplicas de nada valiam, ele argumentava sempre mais forte, que o meu trabalho estava incompleto.
Que ao "regressar", olhasse atentamente ao meu redor e que iria aperceber-me de quanta falta eu ainda fazia... Que ficasse sempre muito atenta aos mais ínfimos pormenores.
Os filhos e os netos precisavam estar comigo e de me amar por mais um tempo, para poderem ficar “plenos” de lembranças minhas,  para os ajudar a superar melhor a minha falta.
Os amigos,  esses precisam sempre de alguém que  os escute e esteja ao lado deles nas boas e más horas da vida, e também a eles, eu teria de deixar boas recordações.
As flores do meu jardim, estavam a ficar secas e eu não podia deixar morrer o que é belo.
Com aquele sorriso angelical que me prendia e encantava, me encaminhou na viagem de "regresso".
Embora triste, despedi-me de tudo quanto de mais belo conhecera e sentira até hoje.
Mas a minha alegria depressa voltou, porque hoje sei, que depois de cumprir todas as “ minhas obrigações” ele de novo me virá buscar e dessa vez ficarei para sempre.

Antes de me "deixar" e em tom de "despedida...disse-me algo que jamais esquecerei.

Vai em Paz e bem dentro de ti Procura-me, que eu sempre estarei contigo, seja de que forma for.

Hoje, tenho a certeza dessa realidade, pois sei que tenho  aquele "Anjo" sempre comigo... !!

®M.Cabral (autoria)
_ sob reserva_SPA

01.09.20

É tempo, agora mais do que nunca (não podemos protelar mais) de parar para pensar e de preferência muito bem, e agir ainda melhor, e com muita urgência, antes que seja tarde demais...!!


Maroussia

Ao fazer  o balanço deste ano, desde Fevereiro para cá, prometi a mim mesma, que não cometeria os mesmos erros, passaria a ter uma postura diferente, ver a vida com outros olhos enfim... nada que não tenha  feito antes, em variadas situações de extrema responsabilidade. 

Se vou ser capaz ou não, é o que me preocupa, não porque seja uma pessoa irresponsável, antes pelo contrário, mas porque sou Humana, logo, propensa ao erro, mesmo de forma inconsciente. 
Porque nos esquecemos ou a vida nos coloca em outros "caminhos", muitas vezes saímos dos trilhos por nós traçados.

Mas o Ser Humano é assim mesmo, com qualidades e defeitos, vai caindo e erguendo-se como pode e com as oportunidades que lhe vão sendo proporcionadas, boas ou más tudo serve de aprendizagem.

Assim, a Vida vai continuando, pese embora, nem sempre de um modo assertivo, como seria o mais desejável, para o "nosso" bem. 

Porque nada acontece por acaso, achei por bem, chamar a atenção para o vídeo exposto acima. Quiçá, não esteja no texto da musica, a resposta para tantas interrogações... ?

Respeitar a Terra, deve ser sempre uma prioridade nas nossas Vidas, porque TUDO depende dela. 

®M.Cabral 

 1 de Setembro de 2020

14.01.20

É um direito que os idosos têm, por tudo quanto fizeram, pelos pais, pelos filhos e pela Sociedade em si... há que estar gratos e retribuir o quanto recebemos ou mais ainda ...!!!


Maroussia

velhice.jpg

“” OS NOSSOS VELHINHOS “”


A uma criança fazem-se poemas sem fim
e qualquer um de nós lhe deita a mão,

com os velhinhos já não se procede assim
nem lhes aliviamos a sua dor na solidão.

A eles aos nossos velhinhos de hoje
aqui lhes faço uma homenagem singela
porque a cada dia o tempo lhes foge
e na velhice ainda há tanta coisa bela.

Quem me dera ter um divino Poder
para todos os velhinhos eu amparar,
fazer com que vivessem sem sofrer
os poucos anos que lhes irão restar.

Meu Deus como me sinto impotente
quando por essas ruas os vejo a dormir,
não existe um quadro mais deprimente
quisera eu ter como a todos poder servir.

Dói ainda muito mais e sobremaneira
pensar que uma parte deles coitados,
lutaram pelos filhos uma vida inteira
e tantas vezes são por eles abandonados.

Pois, com alguns deles tenho privado
e lágrimas lhes caiem dos olhos baços,
lembrando com ternura pedaços do passado
em que apertavam esses filhos nos braços.

Existem casas próprias para os recolher
onde lhes dão comer e ate podem pernoitar
mas ninguém, lhes dá o direito de escolher
são velhos e pobres, há que se contentar.

Apelo aos homens que governam este País
que pensem bem e prestem muita atenção,
os velhinhos de hoje são a grande e forte raiz,
dos homens bons ou maus, que hoje eles são.

A todos os filhos, eu suplico humildemente
não votem os vossos velhinhos ao abandono,
porque Deus tudo vê e em tudo está presente
e um dia mais tarde, dará “o deu a seu dono”.

®M.Cabral