Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

MAROUSSIA

Um pouco de mim... Sobre o que sinto, ouço, escrevo e gosto !!

MAROUSSIA

Um pouco de mim... Sobre o que sinto, ouço, escrevo e gosto !!

28.08.20

De vez em quando tenho necessidade de me abstrair da dura realidade de um viver normal, muitas vezes problemático, "corroído" pelas ameaças de doenças, guerras, tragédias enfim, caminhos de Vida... e nesses momentos, deixo fluir o meu imaginário e..


Maroussia

pretty-young.jpg            
Apaixono-me pela Lua, sem poder tocá-la. Enamoro-me de uma flor, falo com ela mesmo sem obter uma resposta. Abraço-me à almofada que se mantém fria e imóvel.

Olho um quadro que retrata um Ser belíssimo e digo baixinho... "amo-te, não sei porquê..." e ouço como resposta, uma voz dentro de mim que me chama à razão. "Não sabes o que dizes, nem o que sentes... não vês que não há razões que te levem a esses sentimentos."  Fico-me pelo silêncio.

O  "imaginário" tem uma beleza, pura e ingénua além de ser muito apelativo: - Os campos, em que na realidade existem e florescem cactos, espinheiros e afins, nos meus sonhos... são verdes prados e jardins floridos.

A flor que está cercada de todas as espécies de "espinhos" na sua ambiência de vida... em sonhos e pensamentos posso tocá-la, sentir a suavidade das suas pétalas, nas pontas dos dedos e até consigo sentir o seu suave aroma...!

A Vida em si é bela, são as contrariedades do "destino", que a tornam difícil de ser aceite tal como é... talvez por isso, eu sinta a necessidade de vez em quando, me "refugiar" no aconchegante acto,  de sonhar...!
Sentimentos impossíveis, sobre o abstracto...!! 
®M.Cabral
(influenciada) 

23.07.20

Tudo o que escrevo, para mim é "importante", pese embora o facto, de poder ser completamente "desinteressante", para outrem, algo que entendo muito bem... posto este pequeno texto, que encontrei na "caixinha das memórias" e que vincula a Amizade...!!


Maroussia

margarida.jpg

" Margarida " 

Margarida nome de flor campestre
que brota dos campos sem cuidados
mulher de fibra criada no agreste
Alentejo, que dá rebentos tão amados

Carismática, nos seus sentimentos
de amor, carinho, ternura e de paz
vai pela vida tropeçando nos lamentos
pois alguns desgostos a vida lhe traz

Mas se hoje cai, amanha se levantará
disso não haja a mínima duvida sequer
porque jamais coragem alguém terá
para derrubar esta força de Mulher

Por isso Margarida nome de Flor
Deus... de ti, Ele sempre cuidará
porque quem vive sempre dando amor
só mais amor… Dele, receberá  !!

* nota: Texto escrito para Margarida Camacho, pelo seu aniversário em 31/12/09 (o tempo passa num átimo) 

®M.Cabral

19.06.20

Família... não é só e apenas uma "união" de pessoas, também tem muito a ver com o "aconchego" de se saber "transformar" uma casa, em um Lar Doce Lar. Poderá parecer a mesma coisa mas... há muita diferença !!


Maroussia

94887707_2515002298739901_7970434775582244864_o.jpimagem net 
" O Meu Lar " 

No meu Lar simples, rico em carinho
tenho nele tudo o que mais almejo,
sinto-me tal qual, pássaro no ninho
de pouco mais, posso sentir desejo.

Somos uma família bem singela
mas sabemos como ser felizes,
uma porta e uma florida janela,
assim se vão ganhando raízes.

A família é sempre o mais importante
para a boa construção de um Lar,
tudo se constrói quando se é constante
depende de como soubermos liderar.

Se nem sempre se está de acordo
não há vencedor nem vencido
porque se existe algo que está “torto”
de alguma forma terá de ser corrigido.

Das coisas que num Lar mais interessa
o saber dialogar, é uma delas de certeza,
reflectindo, sem tomar decisões á pressa
é a receita para para uma relação coesa.

Marido e Mulher devem-se sempre respeitar
com compreensão e também mútua cedência,
de seus filhos, nunca se devem “apoderar”
mas sim, encaminhá-los com complacência.

Jamais alguém se deve tentar sobrepor
porque a família é singular, mas no plural,
de pessoas com algumas diferenças de "interior"
mas onde todas, se completam num final.

Assim, vos deixo simplesmente retratado
a "visão" do conceito da família e de um Lar,
que nem sequer é necessário ser muito abastado
para no mesmo, a "felicidade" imperar !!


**escrito algures nos anos 80, sob a concepção feminina
da altura !

*®M.Cabral