Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

MAROUSSIA

Um pouco de mim... Sobre o que sinto, ouço, escrevo e gosto !!

MAROUSSIA

Um pouco de mim... Sobre o que sinto, ouço, escrevo e gosto !!

24.06.20

Não tentes despertar em mim o sentimento enorme da carência... !!


Maroussia

359d55a9f97be232b92fe95438c6b1c7.jpgimagem by net

Apaga esse teu desejo de beijar os meus lábios, para me calar a voz ao dizer não.
Não tentes "sentir-me", o rosto com as pontas dos dedos ou o cheiro, do meu perfume de mulher..
Não tentes "olhar" para a minha alma, com os olhos. Uma alma só vê outra, entre elas.
Não me olhes através de uma foto nem a beijes sequer, porque só vais sentir o toque do papel.
Pensa-me como se não pudesses amar-me ou então...
ama-me, nas palavras... somente !!

®M.Cabral

(algures pelos anos 80/90) 

02.05.20

Cansaço, desesperança ou "simplesmente"... melancolia ??!!


Maroussia

Que Maio seja o mês " prometido "... aquele, pelo qual todo o "Mundo" anseia. Queria muito acreditar que sim, mas os factos que analiso e constato todos os dias, deixam-me com "sérias" dúvidas mas... quem sou eu, para contrariar quem "sabe" ? Apenas são as "minhas" dúvidas.

O meu cansaço já é tanto, de não descansar, que nem o sono o vence. As insónias "ganham" nesta luta interior e constante. 

Há cansaços, que apenas um forte e reconfortante abraço, faz mais efeito do que o melhor dos "leitos"... quiçá o meu seja desses ... ??!!

®M.Cabral

28.04.20

O valor das Palavras, é incomparavél, nada as substitui mas...Devem usar-se, com muito cuidado... !!


Maroussia

copia.jpgby net

"Palavras" 

Gosto de com as palavras brincar
de vê-las alinhadas e perfiladas,
usá-las, para com elas demonstrar
sentimentos ou outras razões faladas.

Escrevo com as palavras, poemas
falo com elas de amor e de paixão,
retrato assim variadíssimos temas
com palavras tento chegar à solução.

Em charadas ou em palavras cruzadas
brinco e jogo com elas alegremente,
leio nelas tantas coisas engraçadas
e outras que me perturbam a mente.

Palavras, parecem não ter importância
mas, com elas tudo se transmite,
algumas, são de grande relevância
outras, parecem “carregar” dinamite.

Palavras, de amor ou de carinho
sentidas com alguma intensidade,
umas, vão-se ficando pelo caminho
outras, duram uma eternidade.

Com palavras também podemos magoar
assim sendo, há que saber como as dizer,
porque se as soubermos bem utilizar,
podemos evitar a quem as ouve, o sofrer.

Aquelas que se prendem na garganta
que por vezes não queremos divulgar,
será que é pela amargura ser tanta
ou apenas, por nos querermos calar.

Não calem as palavras no coração
porque há sempre tanto para dizer,
não deixem os problemas sem solução
para depois não se virem a arrepender.

Escolham sempre as palavras adequadas
todos nós o deveríamos saber fazer,
não haveriam tantas almas torturadas
e das Palavras só retirávamos prazer !!

®M.Cabral

02.02.20

Da Tertúlia, resta o imaginário, o "espaço" e uma imagem... !!


Maroussia

 

c6c4e17c638f4f660543aab10da63c6a.jpgImagem by net

"Desgarrada" das 15 rimas !!

_Rui_
Marcado fico de carmim,
Pelos lábios de Maria,
Paira o cheiro de Jasmim,
Enlouqueço de Alegria.
_Maria_
Não enlouqueças assim
Por uma coisa tão pouca
Se apenas basta o carmim,
Até eu, vou ficar louca.
_Rui_
São esses teus Olhos de Deus,
Que tanto sonho em olhar,
Sonhos teus toquem nos meus,
Sério momento de abraçar
_Maria_
Olhos de Deus só tu vês
Fazem parte do meu "olhar"
Nem pensei uma só vez
Com eles fazer sonhar.
_Rui_
Que esse dia chegue depressa
De um livro editar"
Serás Deusa é promessa,
Em páginas que vou louvar.
_Maria_
Mas que tamanha honraria
Deusa...? não mereço tal.
Sou apenas a Maria
Mas te darei o meu aval ... !
_Rui_
No livro vai constar,
Esta Poesia á capela,
Vou ter de registrar,
O que vejo da janela.
_Maria_
Tu da janela, eu do varandim,
Quiçá tal obra tenha sucesso
Tudo começou pelo carmim
Que de cor, passou a verso.
_Rui_
Com a tua licença,
Terei de copiar,
É certo uma crença,
Pois estou a amar.
_Maria_
Licenciado já tu estás
Pois foste quem encetou
Por mim, já não volto atrás
Quando aqui, já se chegou.
_Rui_
Seguimos de verso em verso,
Que bonita descrição,
A medalha tem reverso,
Escrita com prontidão.
_Maria_
De verso em verso trocamos
E sem grandes ambições
Este "caminho" que andamos
Ao sentir dos corações.
_Rui_
Escrita por ti Maria,
Não pela mãe de outrora,
Palavras eu já dizia,
Sem amor eu vou-me embora.
_Maria_
Com tanta palavra sentida
É pena ter de haver fim
Porque colorimos a Vida
Que ficou cor de ... Carmim !
_Rui_
Alguém grita olha o "clock",
Era a voz do editor,
Podem publicar no Blog,
Chegou ao fim, sim Senhor !!

®M.Cabral
®Rui Sousa

_Nota de autores:_ Sem qualquer ponta de ambição que seja uma "poesia". É somente um "texto" em rimas (escrito a dois) e  "fruto" de uma noite de "desafios" !!