Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

MAROUSSIA

Um pouco de mim... Sobre o que sinto, ouço, escrevo e gosto !!

MAROUSSIA

Um pouco de mim... Sobre o que sinto, ouço, escrevo e gosto !!

13.06.24

Mais uma "narrativa" entre muitas... Analiticamente "escrevendo"... num dia normal !!


Maroussia

21563907_4zvuW.jpegby net
"Narrativa do Dia" - Analiticamente "escrevendo"... !!

Nada melhor que um calmo dia de Domingo, para " divagar " e, sem dar-me conta, comecei a "escrevinhar", afinal a importância dos meus pensamentos, é sempre relativa, valem pelo que valem, mas... "retratam-me" um pouco !!

Por vezes dou comigo a pensar quão "complexo" é o Ser Humano. Gosto muito de observar o comportamento da Sociedade em que estou inserida (concorde ou não, faço parte de um todo).

Para tentar entender melhor o que me rodeia, optei por separar as "águas"...

Uns querem "tudo" e pouco têm... outros têm pouco e querem "tudo". Não seria mais consentâneo e profícuo, haver uma base mais determinante que seria (a meu ver)... o quanto baste ??!!
Claro que não me refiro à pobreza económica, (tema por demais extenso e delicado, que teria de ser "tratado" com muito cuidado e "generosidade") a minha " análise " (perdoem o nome pomposo, quem sou eu para analisar), recai mais no "estar" de cada um, nesta já referenciada Sociedade.
Uma guerra dos "Mundos" trava-se nesta "arena" a que damos o nome de existência. Fazem-se sobre-posições, que se tornam verdadeiros "atropelos", seja a que custo for para ser o... tal.
O que mais sabe, o que mais tem, o que mais vale, tudo corroborado pela palavra "status"...!
Isto é preocupante, porque se descartam valores morais, como educação, honestidade, sinceridade, carácter e atitude. Cada vez mais, deixamos de ser exemplo de virtudes, para os vindouros.

Haverá como inverter ? de todo que sim...! mas a minha pergunta persiste... haverá quem queira inverter ? Fica a dúvida no ar... !!


autoria de__ M.Cabral_pt®

23.09.20

Existem muitos amores assim, inconcebíveis, porque por alguma razão, não podem ser correspondidos...!!


Maroussia

mulher2.jpg

Hoje resolvi lhe declarar meu amor,
não importa se me receberá com flores ou dor.

Amor é um sentimento que não se pode conter,
o máximo que conseguimos é sem ele viver.

Também sei que não compartilha dos meus sentimentos,
mas isto não a vai tirar do meus pensamentos.

Sabes meu amor que quero tudo contigo,
mas também sei que me vê, apenas como um bom amigo.

Acordei neste dia já pensando em você,
é dificil aceitar nos falar e eu não poder te ver.

Beija-me, beija-me com seus lábios sensuais,
pois sei que assim fazendo, não me deixas mais.

Quero sentir na sua pele a maciez e o cheiro da flor,
e da sua boca, o sair de palavras de amor.

Querida diz que me ama e também que me quer,
e ao menos em meus pensamentos seja minha mulher.

Este sonho impossível vive a me atormentar,
sonhos de beijar seu corpo e nele ficar.

Vem meu amor matar estes desejos
que se aflora em meu peito só em pensar nos seus beijos.

Talvez seja amor ou quem sabe paixão,
que me leva neste sonho aos devaneios do coração.

Hoje eu "posso" meu coração lhe abrir,
mas entenderei, se quiser, das minhas palavras fugir...!!

(c) L.Carlos - Declarações de um homem apaixonado, para uma mulher,  impossível de se amar !

**Nota pessoal:  Foram feitas algumas alterações na ortografia original para um melhor entendimento na leitura.
®M.Cabral

03.09.20

Porque não "lutarmos" para que apesar de todas as contradições que a Vida nos impõe, tentar vivê-la o melhor que nos seja possível ?!


Maroussia

RERYEY.jpg

Sei que nos dias que correm,  não nos é fácil encarar a vida com o optimismo desejado. As tragédias com que somos confrontados,  mais nos colocam numa posição de repensar que, afinal a Vida não será aquilo que todos nós idealizámos.


Tomamos consciência de que nada somos, que de um momento para o outro tudo pára, tudo se modifica, até tudo pode acabar. Todavia, cruzar os braços, baixar a cabeça, fechar os olhos, de nada nos adianta, porque a vida vai continuando,  e nós vamos ter de a viver o melhor que pudermos.

Ao ler este belíssimo texto de Carlos Drumond de Andrade (um mestre de Sabedoria), pensei que seria apropriado transcreve-lo aqui, neste preciso momento, em que estamos mais fragilizados.

Se o lermos com muita atenção e meditarmos um pouco  sobre a sua "mensagem", penso  que  se  tornará muito mais  leve a  nossa maneira de encararmos o menos bom e, valorizar o que ainda conseguimos e podemos conservar, modificar e renovar.
 
®M.Cabral

"" De hoje em diante todos os dias ao acordar, direi :

Eu hoje vou ser Feliz !

Vou lembrar de agradecer ao sol pelo seu calor e luminosidade, sentirei que estou vivendo, respirando. Posso desfrutar de todos os recursos da natureza Gratuitamente. Não preciso comprar o canto dos Pássaros, nem o murmúrio das ondas do mar.
Lembrarei de sentir a beleza das árvores, das flores. Vou sorrir mais, sempre que puder. Vou cultivar mais amizades e neutralizar as inimizades.
Lembrarei de sentir a beleza das árvores, das flores. Vou sorrir mais, sempre que puder. Vou cultivar mais amizades e neutralizar as inimizades.
Não vou julgar os actos dos meus semelhantes ou companheiros. Vou aprimorar os meus.
Lembrarei de ligar para alguém para dizer que estou com saudades Reservarei minutos de silêncio, para ter a oportunidade de ouvir.
Não vou lamentar nem amargar as injustiças. Vou pensar no que posso fazer para diminuir seus efeitos. Terei sempre em mente que um minuto passado, não volta mais, vou viver todos os minutos proveitosamente.
Não vou sofrer por antecipação prevendo futuros incertos, nem com atraso, lembrando de coisas sobre as quais não tenho mais acção.
Não vou pensar no que não tenho e que gostaria de ter, mas em como posso ser feliz com o que possuo. E o maior bem que possuo é a  própria vida.
Vou lembrar de ler uma poesia e de ouvir uma canção, vou dedicá-las a alguém. Vou fazer alguma coisa para alguém, sem esperar nada em troca, apenas pelo prazer de ver alguém sorrir.
Vou lembrar que existe alguém que me quer bem, vou dedicar uns minutos de pensamento para os que já se foram para que saibam que serão sempre uma doce lembrança, até que venhamos a nos encontrar outra vez.
Vou procurar dar um pouco de alegria para alguém, especialmente quando sentir que a tristeza e o desânimo querem se aproximar.
E quando a noite chegar, vou olhar o céu, para as estrelas e para o luar e agradecer a Deus, porque...

Eu hoje fui Feliz ! ""
Texto de Carlos D. Andrade 

20.08.20

Um exemplo de "Utopia"...


Maroussia

imagespppp.jpgimagem by net
                              A perfeição é utópica... !!

"" A perfeição não existe, há sempre um pequeno senão, que a torna inalcansável ao comum mortal.  
Assim sendo, o Ser Humano jamais poderá ser "perfeito" mas, pode dentro das suas capacidades e se assim o quiser, tentar o "quase"... pese embora, seja um longo e difícil caminho de aprendizagem. ""

®M.Cabral - texto !!

29.07.20

Ultima "folha" do que deveria ser um Diário mas, por falta de conteúdo e assiduidade, simplesmente... falhou !!


Maroussia

21631526_1VRZs mulher curvada sentada.jpeg

                              Texto de um Diário (falhado)

Hoje não "vivi"... sobrevivi !!

Hoje limitei-me a sobreviver a mais um dia que passou. Por norma somos nós a passar pelos dias e a fazê-los acontecer à nossa maneira, à vivência de se estar na vida.
No entanto, ultimamente, comigo tal não acontece, são os dias que passam por mim, sem sequer se dignarem olhar-me nos olhos. Não consigo sentir "nada". Fome, frio, amor, nem sequer dor ! Tentei a saudade, de tudo o que não sinto mas, até isso foi em vão.
Concluí então, que podemos sentirmo-nos "sem vida", mesmo não tendo entrado na morte. A sensação que tinha era... como se o Mundo fosse um espaço minúsculo onde apenas eu habitava. A minha mente estava "fechada".
A dada altura desesperei, por momentos apoderou-se de mim a ideia de que o cérebro não estava a captar os sinais vitais. Senti medo, coisa que não é comum em mim. Medo deste abandono de identidade. Afinal era eu que me estava a recusar!

Razões? Imensas, mas serão as minhas, ninguém as entenderia. Na verdade, se existe a idade da razão, penso que cheguei à mesma.
Quem sou? O que quero? O que tenho? Será que a pergunta base mais consentânea, seja antes... o que mereço?
Perguntas sem respostas e eu só queria razoabilidade, para seguir em frente e não continuar a ter dias iguais a este, dias..."sem viver" !!
Obrigada por me "escutares". Não tentes entender-me meu "amigo", porque nem eu me entendo, só sei que dói...!!

Amanhã é outro dia e eu voltarei aqui ou quiçá não mais, neste contexto de... "Diário" !!!

(Novembro de 2019)
®M.Cabral

25.07.20

Desabando... "sobre" ti ou seja, usando e abusando !!


Maroussia

21630697_pzuFG.jpeg

                        Texto de um Diário (falhado)

"" Sentiste saudades minhas ? Quero acreditar que sim, que pelo menos tu as tenha sentido. Eu tive tuas, e por tal aqui me tens, a "falar" contigo. Acredita que nem sei por onde começar. Ao fim e ao cabo, nada mudou, nesta ausência. Os dias têm as mesmas 24 horas, as horas, 60 minutos e os minutos, 60 segundos. Nada muda, nem a minha vida... Quero dizer, talvez vá mudar um pouquinho, com uma novidade que  vou-te "dar". Tenho um projecto na "manga"... vou começar a trabalhar de novo mas, ainda não te vou dizer o que vou fazer, (sinceramente, estou indecisa). O que sei é que quero sentir-me útil, a mim mesma. Cansa ser simplesmente útil aos outros. É preciso muito mais para nos sentirmos "vivos" e eu preciso de "renascer", tal qual Fénix, que renasceu das cinzas.
Por vezes penso que, só venho aqui "encher-te" de disparates mas, tenho o direito a ser um pouco "disparatada", afinal ser sempre comedida e pensar duas vezes ou até três, antes de dizer algo, em certos momentos doi, porque o tempo em espaço, já está desfazado.
Pobre amigo, lês cada coisa... penso que por vezes até te ris de mim mas, eu não me importo, porque sei que o teu riso é condescendente. Talvez por isso "te" escolhi para meu confidente!

Sabes, enquanto fumo um cigarro (nem é bem fumar), penso que, foi muito bom para mim, aqui há uns tempos atrás "ter conhecido" alguém que me incitou a "mudar" a minha postura na vida, inclusive, a "criar-te"… as palavras dessa pessoa, neste momento, vieram à minha mente e sinceramente, tenho de reconhecer que só os amigos de verdade se preocupam connosco !

E por hoje não te maço mais, amanhã volto... quiçá !!""

®M.Cabral

01.03.20

Recapitular, Reestruturar, Recomeçar e Renovar ... !!


Maroussia

Que venham as "Águas" de Março ... e também o Sol, as flores, os dias mais coloridos mas, venham sobretudo, dias e momentos felizes... Março, é o mês da renovação.

Crescem os dias, aquece o sol, as noites são mais estreladas, o Luar tem mais luminosidade, as nossas roupas, vão aos poucos, perdendo "peso", enfim tudo se propõe, para que a Vida se torne mais "leve" ...!

Há que abraçar com todas as nossas "energias", o mês que hoje começa.
Que o Universo nos conceda, as oportunidades que tanto ansiamos...! Assim seja !! 🙏

®M.Cabral

20.11.19

Das "coisas" mais bonitas que se fez em musica portuguesa, ultimamente... !


Maroussia

Dei-te um desenho meu
Feito com as cores do céu
Pra guardares junto a ti
Sempre que eu for embora

Dei-te um desenho meu
Que não caiu do céu
Com os teus lápis de cor
Juntei o teu amor ao meu

Recordações de belas canções,
contigo, baixinho
Recordações de nós

Sei que o tempo passa, voa
Que eu sinto falta
Mas o caminho é voltar
Sempre
Pra te poder abraçar
Sempre
O meu caminho é voltar pra dizer
Eu gosto de ti
Sim, eu
Eu gosto de ti

Dei-te um desenho meu
Feito com as cores do céu
Pra guardares junto a ti sempre que eu for
embora

Recordações daqueles verões
Contigo, contigo
Recordações de nós

Sei que o tempo passa, voa
Que eu sinto falta
Mas o caminho é voltar
Sempre
Para poder te abraçar
Sempre
O meu caminho é voltar pra dizer
Eu gosto de ti
Sim, eu
Eu gosto de ti
Sim, eu
Eu gosto de ti
Sim, eu
Eu gosto de ti

Fonte: youtube 
Vozes: Marisa Liz e Aurea
Letra: Marisa Liz
Musica: Produção: Tiago Pais Dias
Guitarra: Pedro Mourato.
________________________
Nota pessoal:

Neste Mundo tão conturbado em que vivemos, em que os vizinhos do apartamento ao nosso lado, são completos estranhos, em que a Comunidade em que vivemos, só vive pelo nome e não pelas acções, que em família, são as novas tecnologias que nos ocupam o pouco tempo livre, e tantos mais "que's"  que nos ultrapassam e nos deixam sem tempo para podermos dizer uns aos outros, quanto se gostam. 

Agora, neste momento, porque daqui a pouco, pode ser tarde demais, sem direito a voltar atrás... eu "digo" Gosto de Ti, de Ti, de Ti e de Ti também... !!

®M.Cabral