Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

MAROUSSIA

Um pouco de mim... Sobre o que sinto, ouço, escrevo e gosto !!

MAROUSSIA

Um pouco de mim... Sobre o que sinto, ouço, escrevo e gosto !!

10.02.21

Quando um vírus nos persegue, pelas "notícias" massacrantes", de tanta matemática "ilógica" algo impensável, mas parece existir... !!!


Maroussia

maçã00.jpg
Um pouco farta da "Covid isse", dos mídia, dos políticos das várias Direcções daqui e dacolá, sobre saúde (ou falta dela)... penso que já estamos a ser robotizados, a belo prazer de quem tem ordenados certos e intocáveis.
Olhando para a grande maioria, sinto uma revolta grande, pela "desvalorização" de quem vive das variantes profissionais "proibídas", e são inumeras as contradições que encontro, onde os "grandes empresários" continuam grandes, e os pequenos, vão à ruina em desespero financeiro e de sanidade.

Voltei atrás no tempo e talvez nem tudo seja o que parece. Até concordo que há uma certa gravidade neste tipo de "gripe", porque tem uma transmissão mais peculiar, além das mutações em que se desenvolve (algo que nada tem de novidade, porque sempre houveram mutações em determinados tipos de vírus) mas, a pneumonia e a gripe sazonal, matam todos os anos tantas ou  mais pessoas, que esta variante e, nunca arrastaram o País para uma catastrófica "miséria", com tantas decisões mal tomadas, quase diria que sem senso comum. 

 
Os hospitais, sempre ficaram sobrecarregados e as urgências, fazem filas, todos os anos de inverno. 

De qualquer modo (mera opinião pessoal) o mais grave nisto tudo, penso não ser o Covid em si porque tem uma percentagem de cura de 95%, mas sim todas as outras doenças, que atempadamente tratadas, poderiam ter cura ou prolongamento de vida, e estão "depositadas" num banco de... "espera" sentado para não te cansares. 

Isso sim assusta-me e muito, porque há um certo comportamento, que me faz pensar que caminhamos para "algo" que, se não houver uma mudança, drástica e assertiva,  já não conseguimos dominar...e mais não escrevo, porque de nada adianta, afinal quem sou eu ? "ninguém", para dar opinião, até porque não me perguntaram nada... mas passo a ser "alguém", para me responsabilizem, com altos juros, senão pagar os impostos e tudo mais, que "ELES" não perdoam... nem a "pandemia"  OS  trava...!!


Como diz o "outro"... não entenderam ?  estudassem !!!

®M. Cabral 

23.12.20

Sinto as palavras aprisionadas na minha "mente" e como tal... fico-me pelo encantamento do "aconchego" de um Lar... com o coração nas memórias da minha infância...!!


Maroussia




Neste Natal, quando um miserável vírus se escapa,  por falha humana, e se "entretém" a contaminar e dizimar o mais que pode o Ser Humano,  estamos privados de sentir o calor dos abraços, dos nossos idosos, dos gritos de alegria das nossas crianças, enquanto se enroscam em laços e papel de embrulho rasgados à pressa. 

Este ano, como em muitos outros, por razões várias,  o Natal está de "luto" para uns, moribundo para outros  e sofrido para muitos mas,  desta vez... está ainda muito mais triste para o Mundo inteiro.

Desejo a todos, que Jesus Menino, esteja convosco no Aniversário Dele, e que a protecção Divina não vos abandone, sejam "crentes" ou não. 

Curiosamente, até porque sou bastante fluente com as palavras, sinto-me estranha ao escrever, nada me soa bem ou minimamente suficiente e assim sendo, deixo-me de palavras desnecessárias e remeto-me à minha insignificância, usando este simples vídeo, tentando que o calor que dele emana, chegue até vós. 

®M. Cabral  

21.11.20

Sem título... !!


Maroussia

FE.jpg
Há imagens que me suscitam o impulso de lhes colocar simples palavras, esta foi uma delas... porquê ?  Não sei !!

Palavras de "aconchego"... quando um simples abraço, vale "ouro" e trocámos tão poucos, com a desculpa de... falta tempo !!

Que sirvam de alento, para continuar nesta "luta" que se torna gigantesca e sem fim à vista. Fica um abraço, ao Mundo !!

@M.Cabral
 Bom fim de semana !