Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Dissertando sobre a Felicidade...! Não é fácil, mas também não é difícil ser feliz, basta que saibamos recolher os nossos "cacos", colá-los e seguir em frente, cuidando o mais possível para que não se partam demasiadas vezes. Será isto ??!!

Terça-feira, 15.09.20

 

 

Você é Feliz???
 
A verdadeira felicidade está em si quando conseguir... Viver, Sonhar e Sentir o que lhe dá prazer. Só assim  poderá responder.
 
Se está perdido…Pare ! Não continue a seguir por esse caminho porque ficará ainda mais perdido.
 
O primeiro passo é saber o que quer para a sua vida.
O segundo passo é planear as suas metas.
O terceiro passo é colocá-las em prática, não deixando que interfiram nas suas acções. Sei que é difícil mas, não consegue se não tentar.
 
Muitas  pessoas vão criticar, negar, contrariar as suas opções, por  isso não  peça  opinião a outros e siga em frente.
 
Siga sempre e apenas, o que lhe "disser" o seu coração.
Quando se sentir aliviado, em paz consigo e com as suas acções, descobrirá que a felicidade está ao seu lado, caminhando junto a si como uma boa companheira.
 
Ser feliz depende única e exclusivamente de nós, procure dentro de si a felicidade. Ame-se em primeiro lugar, só assim poderá amar os outros.
 
A felicidade é feita de momentos, temos de saber identificá-los e aproveitar ao máximo. Está em pequenas coisas do nosso dia a dia, algumas que não podemos tocar mas, podemos senti-las com o coração.
 
Pense em tudo o que leu e seja Feliz.
 
Afinal não é tão impossível assim, e sem tentarmos jamais saberemos.
 
 ®M.Cabral  (apoiada num texto que li)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Maroussia às 12:39

Numa tarde de chuva e fria, nada como esta bela melodia para nos aquecer a ... "alma" !!

Sábado, 30.11.19

Quando o dia entardeceu
E o teu corpo tocou
Num recanto do meu
Uma dança acordou
E o sol apareceu
De gigante ficou
Num instante apagou
O sereno do céu

E a calma a aguardar lugar em mim
O desejo a contar segundo o fim.
Foi num ar que te deu
E o teu canto mudou
E o teu corpo do meu
Uma trança arrancou
O sangue arrefeceu
E o meu pé aterrou
Minha voz sussurrou
O meu sonho morreu

Dá-me o mar, o meu rio, minha calçada.
Dá-me o quarto vazio da minha casa
Vou deixar-te no fio da tua fala.
Sobre a pele que há em mim
Tu não sabes nada.

Quando o amor se acabou
E o meu corpo esqueceu o caminho onde andou
Nos recantos do teu
E o luar se apagou
E a noite emudeceu
O frio fundo do céu
Foi descendo e ficou

Mas a mágoa não mora mais em mim
Já passou, desgastei, p'ra lá do fim
É preciso partir
É o preço do amor
P'ra voltar a viver
Já nem sinto o sabor
A suor e pavor
Do teu colo a ferver
Do teu sangue de flor
Já não quero saber...

Dá-me o mar, o meu rio, a minha estrada,
O meu barco vazio na madrugada
Vou deixar-te no frio da tua fala
Na vertigem da voz quando enfim se cala.

Fonte: YouTube pagina oficial

M.Cabral



Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Maroussia às 16:10

Não basta sonhar, há que acreditar ... !!

Quarta-feira, 27.11.19

”  SONHO DE MENINO  “

retrato-de-menino-bonito-tocando-violino_13339-114

- Aquele menino sonhava

sempre em frente àquela montra,

todas as vezes que por lá passava

sonhava, sonhava vezes sem conta.

- Os seus olhitos nele pousavam sempre

e pensava triste mas com muito tino,

quem lhe dera um dia ter de presente

aquele tão desejado e belo violino.

- Sonhava com ele de maneira tal

que até já se imaginava em cena,

cercado de gente num grande recital

tocando uma melodia suave e serena.

- Mas de sonho nunca tal passaria

o violino nunca ele o poderia comprar,

assim sendo tudo quanto conseguia

seria tão simplesmente sonhar.

- Certo dia "Alguém", no menino reparou

e vendo a tristeza da sua expressão,

acercando-se dele logo o indagou,

qual o motivo de tanta preocupação.

- O menino com timidez respondeu

que naquela montra algo o fascinava,

estava ali um grande sonho seu

era o Violino que ele tanto adorava..

- De seguida esse "Alguém" entrou na loja

e sem qualquer interesse aparente,

imediatamente o violino comprou

e ao menino o deu como presente.

- O menino num estado entusiasmante

pegou no violino e começou a tocar

a música soava doce e tão inebriante

que a emoção era difícil de controlar.

- E quando o menino ia para agradecer

a quem o seu sonho tinha concretizado,

viu, rapidamente esse Alguém desaparecer

sem que tivesse tempo de Lhe dizer obrigado.

- Hoje já feito homem, quando está a tocar,

pensa sempre que esse Alguém era Divino,

para assim do nada, lhe poder proporcionar

o seu grande sonho “irrealizável”, de menino !!

®M.Cabral
            

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Maroussia às 20:38





mais sobre mim

foto do autor


pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Novembro 2020

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930



O Tempo não pára... !!